Tradução e sistema literário: contribuições de Antonio Candido para os Estudos da Tradução

Autores

  • Germana Henriques Pereira de Sousa Universidade de Brasília – UnB

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2015v35nesp1p56

Palavras-chave:

Literatura comparada e tradução, Antonio Candido, Sistema literário brasileiro

Resumo

Trata-se de eleger a relação entre literatura, tradução e formação do sistema literário brasileiro, no sentido da formação de sua tradição, ou seja, estudar a importância da literatura traduzida para a formação do cânone nacional, tal como Candido apresenta em dois textos fundamentais para nosso tema: “Os primeiros baudelairianos” (2003) e “Estrutura literária e função histórica” (2000). Em ambos os textos, o autor mostra como a tradução ocupou uma posição central na formação do cânone nacional e como os tradutores participaram ativamente desse processo.

Biografia do Autor

Germana Henriques Pereira de Sousa, Universidade de Brasília – UnB

Possui diploma de Licence en Portugais - Université de Rennes 2 - Haute Bretagne (1987), de Licence en Français Lettres Modernes - Université de Rennes 2 - Haute Bretagne (1988), Maitrise en Lettres Modernes - Université de Rennes 2 - Haute Bretagne (1989), Mestrado em Literatura pela Universidade de Brasília (1998) e Doutorado em Teoria Literária pela Universidade de Brasília (2004). Bolsista de PDE/CNPq - Pós Doutorado na Université de Rennes 2 - Haute Bretagne em Estudos da Tradução (2006-2007) e Pós-Doutorado na Pós-Graduação em Estudos da Tradução - PGET/UFSC e Université de Montréal UdeM/ Canadá (2013). Atualmente é Professora Adjunto IV da Universidade de Brasília, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução. Brasília, Distrito Federal, Brasil. E-mail:germanahp@gmail.com

Downloads

Publicado

2015-01-26