A estética teatral futurista em Parole, de Remo Chiti: uma tradução crítica

Camila Beatriz Nardelli

Resumo


Através da realização de uma tradução crítica, indagaremos a natureza estética do texto teatral Parole de Remo Chiti. Questionaremos de qual maneira o texto apresenta as características inerentes à estética do movimento futurista italiano, mais especificamente do teatro sintético futurista, ao qual não apenas está vinculado, mas é apresentado como exemplo de sua expressão estética na revista italiana Sipario em seu volume duplo dedicado ao futurismo. O texto fonte, Parole, apresenta-se em língua italiana e será traduzido para o português brasileiro. Tendo em vista ser a tradução uma tarefa delicada e complexa, utilizaremos sobretudo as teorias da tradução de textos teatrais apresentadas por Patrice Pavis (2008) e Susana Bassnet (2003). Refletiremos sobre as principais afirmações contidas nos seguintes manifestos futuristas: O teatro futurista sintético (1915) e Manifesto dos dramaturgos futuristas (1911). As versões dos manifestos utilizados no artigo apresentam-se originalmente em italiano e os excertos inseridos serão pessoalmente traduzidos.

Palavras-chave


Teatro sintético; Futurismo; Tradução; Estética;

Texto completo:

PDF/A

Referências


Balla, Giacomo; Boccioni, Umberto; Marinetti, Filippo T.; Pratella, Francesco; Settimelli, Enrico; Chiti Remo, et al. Teatro sintetico futurista Organização de Guido Davico Bonino, Genova: Il melangolo, 1993

Banti, Alberto Mario. L’età contemporanea: Dalle rivoluzione settecentesche all’imperialismo. Bari: Laterza, 2011

Bassnett, Susana. Estudos de Tradução. Lisboa: Edições da Fundação Calouste Gulbekian, 2003

Calvino, Italo. "Tradurre è il vero modo di leggere un testo". In: Calvino, Italo. Mondo Scritto e non scritto. Milano: Mondadori, 2009 p. 86-91.

Chiti, Remo. "Parole: Esempi di teatro sintetico", antologia. Rivista Sipario Numero doppio dedicato al teatro futurista italiano, Biblioteca Comunale Trento, Via Roma sez. N. 14, p.48

Lapini, Lia. Il teatro futurista italiano. Milano: Mursia, 1977

Marinetti, F. T. "La voluttà d’esser fischiati". In: Marinetti, F. T. Teoria e invenzione Futurista. Milano: Mondadori, 1968, p. 310-313.

Marinetti, F. T. "Il teatro di varietà". In: Revista Sipario Numero doppio dedicato al teatro futurista italiano, Biblioteca Comunale Trento, Via Roma sez. N. 14, p. 04

Marinetti, F. T. "Il teatro sintetico futurista". In: Revista Sipario Numero doppio dedicato al teatro futurista italiano, Biblioteca Comunale Trento, Via Roma sez. N. 14, p. 07-09




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2019v39n2p48



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.