García, Adolfo M. The Neurocognition of Translation and Interpreting. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2019, 268 p.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2020v40nesp2p263

Palavras-chave:

Resenha, Tradução, Adolfo Garcia, Neurocognição, Interpretação

Resumo

A área dos Estudos da Tradução e da Interpretação (ETI) tem sido amplamente pesquisada sob diversas perspectivas, porém sua investigação científica é recente. The Neurocognition of Translation and Interpreting [A Neurocognição da Tradução e da Interpretação] foi publicado em 2019 e tem como objetivo difundir as descobertas de muitos estudos sobre a neurociência da linguagem, em uma abordagem neurocognitiva, atentando para a tradução a partir de informações advindas do cérebro. Esta obra é dedicada a pesquisadores iniciantes e profissionais da área dos ETI, professores, alunos e praticantes, assim como para estudiosos em bilinguismo e neurolinguística.

Biografia do Autor

Manoela Lima Azevedo, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Graduada em Letras  - Português, Inglês e suas respectivas Literaturas  - pela Universidade Estadual do Ceará (2008). Especialista no Ensino da Língua Inglesa pela Faculdade Ateneu. Mestranda em Estudos da Tradução na Universidade Federal do Ceará (UFC). No âmbito profissional, tem experiência em tradução e ensino da língua inglesa.

Referências

García, Adolfo M. The Neurocognition of Translation and Interpreting. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2019, 268 p.

Downloads

Publicado

2020-12-08