Formação de professores para a educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental: uma análise de documentos

Manoel dos Santos Gomes

Resumo


Trata-se de um estudo teórico-documental que analisa os cursos Formação de Professores em Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental nos campi da Universidade do Estado da Bahia - UNEB e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB. Entre os objetivos do estudo, destacamos: desvelar as contradições e pressupostos teórico e epistemológicos que norteiam esses cursos; contribuir para as discussões sobre os cursos de formação docente para a educação básica; refletir criticamente sobre as políticas educacionais que tratam sobre a formação de professores. Utilizamos como fontes de análise as propostas de formação de professores da UNEB, campus de Ipiaú-BA, e UESB, campus de Jequié-BA, além de documentos legais como a LDBEN e as resoluções CNE/C1/2002, CNE/C2/2002. A discussão se referencia nos documentos de cursos que instrumentalizam os professores para o nível superior na UNEB e na UESB. Apresentamos uma análise das disciplinas do currículo, mostrando seus limites e possibilidades. Procuramos desvelar quais as matrizes epistemológicas que subsidiam as propostas e apontamos elementos capazes de de nos fazer compreender por que e como esse tipo de curso se estrutura. Concluímos que a formatação desses cursos não leva em consideração elementos que comprometem seriamente o trabalho pedagógico, entre eles: a liberação do exercício docente com tempo disponível para estudar.

Palavras-chave


Formação de Professores; LDBEN; UNEB; UESB; Educação Básica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2008n17p38

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.