O que somos nós senão uma hipótese de ser? – A contribuição da sociologia, história, psicologia, antropologia e pedagogia para a delimitação e afirmação da especificidade da Educação Infantil

Amanda Massuci Batista

Resumo


O objetivo deste artigo, por mais que ainda tudo pareça um pouco estranho, é analisar as contribuições de diferentes áreas do conhecimento para a compreensão das especificidades da Educação Infantil. Analisando textos estudados na disciplina Fundamentos da Educação Infantil, farei uma breve discussão a respeito das concepções de criança e infância, pautada em autores como Philippe Ariés, Manuel Jacinto Sarmento, Ângela Nunes, Solange Jobim e Souza, Josefina Hurtado e Eloísa Rocha. Estes autores me ajuda(ra)m a pensar a criança e a infância e eu. Agora aqui os coloco, em frente a um teclado de computador, tentando tirá-los de qualquer tipo de “caixa” ou “gaveta”.


Palavras-chave


Educação Infantil; Criança; Infância

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2009n19p1

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.