DO BRINCAR EM PORTINARI AO DIÁLOGO POSSÍVEL ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTES NA INFÂNCIA.

Alexandre Freitas Marchiori, Eucymara Guimarães do Amaral, Giovana Barbosa da Silva

Resumo


Este trabalho busca dar visibilidade à prática educativa desenvolvida no CMEI Denizart Santos (DS) em 2009, protagonizada pelos dinamizadores. A proposta “brincadeiras de criança em Cândido Portinari” foi aceita como possibilidade de tangenciamento das práticas e uma efetiva construção/consolidação do conhecimento por parte das crianças. Diante do ambiente de aprendizagem e o caminhar das intervenções, os espaços do CMEI exigiram adaptações na rotina e uma prática compartilhada entre os dinamizadores. As pedagogas assumem um papel fundamental na constituição desse ambiente, agindo como facilitadoras. Busca-se desenvolver uma intervenção lúdica, mas comprometida com princípios ético-profissionais sinalizados pelos documentos oficiais e autores estudiosos da infância.


Palavras-chave


Educação Infantil; Dinamizadores de Educação Física e Artes; Prática docente; CMEI

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2009n20p47

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.