Ser e Ter: O levantamento dos Pertencimentos de Pessoas com Deficiência na Educação Regular.

Autores

  • Sônia de Holanda Arruda USP Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2015n31p279

Palavras-chave:

Educação infantil, Crianças com Deficiência, Pesquisa Etnográfica

Resumo

Este artigo tem por finalidade demonstrar os resultados encontrados em pesquisa de iniciação cientifica postulada como “Ser e ter. O levantamento dos pertencimentos de pessoas com deficiência na educação regular”, que se objetivou analisar como se processa na escola - como um espaço demarcado da vida social - a interação das crianças em sala de aula regular de ensino, por um grupo composto, especificamente, pela participação de crianças com algum tipo de deficiência e os profissionais desta instituição escolar, em diferentes espaços/tempos em uma escola regular de ensino no município de São Paulo, por meio de uma pesquisa com abordagem etnográfica.

 

Biografia do Autor

Sônia de Holanda Arruda, USP Universidade de São Paulo

Pedagoga formada pela USP

Downloads

Publicado

2015-10-29