A linguagem dramática e os processos de recepção nos cantos de aprendizagens diversificados na Educação Infantil na cidade de Curitiba - PR

Robson Rosseto, Jeórgia de Fátima Rodrigues

Resumo


Este trabalho reflete sobre o desenvolvimento da linguagem dramática na pequena infância associado aos processos de recepção nos cantos de aprendizagens diversificados na rede municipal de ensino na cidade de Curitiba - PR. O texto também propõe evidenciar a importância do educador enquanto mediador de interações das crianças, nas brincadeiras das mesmas, sendo este um elemento fundamental, na evolução e desenvolvimento da dramaticidade. A investigação constatou que a linguagem dramática desempenha um papel significativo na educação infantil, fonte propícia para a criação artística, no qual elas são capazes de criar significado às suas experiências ao promover ações e fruições dramáticas. 


Palavras-chave


criança; educação infantil; linguagem dramática; recepção

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2015n31p68

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.