A interação verbal entre professoras e crianças de educação infantil pelo viés da participação guiada e da retomada da palavra

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2016v18n34p181

Palavras-chave:

Linguagem, Educação infantil, Interação verbal, Participação guiada, Retomada da palavra

Resumo

Neste artigo, objetiva-se abordar a interação verbal entre professoras e crianças de educação infantil, com base no conceito de participação guiada, proposto e desenvolvido por Rogoff (2005), e no conceito de retomada da palavra, desenvolvido por Mendonça et al (2014). O estudo resulta do projeto de pesquisa intitulado A interação verbal entre professoras e crianças de educação infantil: um encontro com a palavra. Fundamentam este trabalho os referenciais da teoria histórico-cultural, em especial os trabalhos de Lev S. Vigotski e a teoria da enunciação bakhtiniana, pelo pressuposto de que a linguagem é constitutiva do sujeito e adjacente à cultura. A pesquisa da qual deriva o presente artigo é de natureza qualitativa e se orienta pela abordagem de etnografia educacional. O trabalho de campo foi realizado em uma escola pública de educação infantil em Passo Fundo (RS), junto a 5 turmas de crianças entre 2 e 5 anos de idade e suas professoras, de outubro de 2014 a julho de 2015. São analisadas duas estratégias de potencialização da linguagem na criança – a retomada da palavra e a participação guiada -, tendo por base episódios de interação resultantes do material produzido.

 

 

Biografia do Autor

Adriana Bragagnolo, Universidade de Passo Fundo

É graduada em Pedagogia (1994) e Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2004). Está cursando Doutorado em Educação, desenvolvendo a pesquisa sobre interação verbal com crianças de educação infantil. É professora titular da Universidade de Passo Fundo, com a docência em disciplinas de práticas de ensino, estágio e linguagem. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Alfabetização.

Adriana Dickel, Universidade de Passo Fundo

Possui Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-Doutorado na área de Didática da Língua pela Universitat Autònoma de Barcelona. É graduada em Letras - Licenciatura Plena pela Universidade de Passo Fundo e mestre em Educação pela Unicamp. Na Universidade de Passo Fundo, atua como professora titular no Curso de Pedagogia, na área do Ensino da Língua Portuguesa e da Alfabetização, e no Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado, atualmente sob sua coordenação. No âmbito da Linha de Pesquisa Processos Educativos e Linguagem, integra, coordena e orienta projetos de investigação sobre o ensino e a aprendizagem da linguagem verbal, sobre a cultura escolar, a formação do professor e as práticas pedagógicas que desenvolve. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alfabetização - GEPALFA, o qual reúne graduandos e pós-graduandos, além de docentes da UPF, de outras IES e das redes de ensino.

Referências

ANDRÉ, Marli; LUDKE, Menga. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

BAKHTIN, Mikhail (VOLOCHÍNOV, V. M). Marxismo e filosofia da linguagem. 16. ed.. São Paulo: Editora HUCITEC, 2014.

BORTOLINI, Camila Comin; BICA, Mariane Oliveira; PERIN, Adriana Antunes. A elaboração conceitual na sala de aula e as situações de ensino e aprendizagem. In: ANPED SUL. REUNIÃO CIENTÍFICA REGIONAL DA ANPED: EDUCAÇÃO, MOVIMENTOS SOCIAIS E POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS. 11, 2016, UFPR, Anais Anped Sul. Curitiba, 2016. Disponível em: http://www.anpedsul2016.ufpr.br/wp-content/uploads/2015/11/EIXO7_CAMILA-COMIN-BORTOLINI-MARIANE-OLIVEIRA-BICA-ADRIANA-ANTUNES-PERIN. Acesso em :08 ago.2016.

BRUNER, Jerome; WATSON, R (col.) El habla del niño: cognição e desarrollo humano. Barcelona: Paidós, 1983.

CASTELLI, Carolina Machado. Ampliando as discussões sobre aprendizagem na educação infantil: observação e participação entre bebês e crianças mais velhas. In: ANPED SUL. REUNIÃO CIENTÍFICA REGIONAL DA ANPED: EDUCAÇÃO, MOVIMENTOS SOCIAIS E POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS. 11, 2016, UFPR, Anais Anped Sul. Curitiba, 2016. Disponível em: http://www.anpedsul2016.ufpr.br/wp-content/uploads/2015/11/Eixo-5_CAROLINA-MACHADO-CASTELLI. Acesso em: 08 ago.2016.

DEL RÉ, Alessandra; PAULA, Luciane de; MENDONÇA, Célia Marina. A linguagem da criança: um olhar bakhtiniano. São Paulo: Contexto, 2014.

ESTEBAN, María Paz Sandin. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições. Porto Alegre: AMGH, 2010.

FILHO Altino José Martins. Crianças e adultos na creche: marcas de uma relação. 2005. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina. 2005.

MENDONÇA, Marina Célia. et al. A retomada da palavra da criança pelos pais. In: DEL RÉ, Alessandra; PAULA, Luciane de; MENDONÇA, Célia Marina. A linguagem da criança: um olhar bakhtiniano. São Paulo: Contexto, 2014.

MENDEZ, Laura; LACASA Pilar. Aprender y enseñar en situaciones cotidianas observando la interacción de Teresa con los adultos. In: BERROCAL, Pablo Fernandez; ZABAL, Mª Angeles Melero (comps). La interacción social en contextos educativos. Madrid: Siglo Veintiuno de España Editores, S.A., 1995.

NAGAI, Eduardo Eidi; MIOTELLO, Valdemir (orgs.). Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso (GEGe). Palavras e contrapalavras: conversando sobre os trabalhos de Bakhtin. Cadernos de Estudos II. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

ROGOFF, Bárbara. A natureza cultural do desenvolvimento humano. Porto Alegre: Artmed, 2005.

. Observando atividade sociocultural em três planos: apropriação participatória, participação guiada e aprendizado. In: WERTSCH, James V.; DEL RIO, Pablo; ALVARES, Amélia. (orgs.) Estudos socioculturais da mente. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

SMOLKA, Ana Luiza; NOGUEIRA, Ana Lucia Horta. O desenvolvimento cultural da criança: mediação, dialogia e (inter) regulação. In: OLIVEIRA, Marta Kohl; REGO, Teresa Cristina; SOUSA, Denise Trento. Psicologia, Educação e temáticas da vida contemporânea. São Paulo: Moderna: 2002.

______. A concepção de linguagem como instrumento: um questionamento sobre práticas discursivas e educação formal. Temas em Psicologia, Campinas, nº 2, 1995.

VYGOTSKI. Lev. S. Obras escogidas. v. III. Madrid: Visor, 1995.

Downloads

Publicado

2016-09-30