Aspectos curriculares da formação em Educação Física para a docência na Educação Infantil

Karen Vieira de Ornel Nunes, Fernanda Feijó Poulsen, Viviane Preichardt Duek

Resumo


O estudo objetivou identificar como os currículos dos cursos de licenciatura em Educação Física se organizam quanto à formação de professores para atuação na Educação Infantil. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo documental. Os documentos analisados foram as matrizes curriculares de três Universidades Federais da região Sul do país, localizadas nas capitais. Os dados revelam duas concepções principais de infância: a primeira e mais frequente, alinhada a uma ótica biologicista e a segunda mais pautada em aspectos socioculturais. Ressalta-se que o projeto educacional da Educação Física para a Educação Infantil aparece diretamente influenciado por tais concepções. Os resultados indicam a necessidade de uma adequação dos currículos, de modo a refletir sobre as concepções de criança e infância que permeiam a formação de professores em Educação Física, aproximando-se das especificidades da organização do trabalho pedagógico na Educação Infantil.

 


Palavras-chave


Criança; Educação física; Educação infantil; Currículo; Formação de professores

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABREU, Geysa Spitz Alcoforado de; BAZZO, Jilvania Lima dos Santos; GODOY, Dalva Maria Alves. O ensino da língua materna nos currículos dos cursos de Pedagogia. Revista Educação. n. 18, v.3, p. 341-348, set./dez., 2013.

ALBUQUERQUE, Moema Helena Koche. Formação Docente para Educação Infantil no Brasil: configurações curriculares nos cursos de Pedagogia. 2013. 198 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.

AYOUB, Eliana. Narrando experiências com a educação física na educação infantil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 26, n. 3, p. 143-158, maio, 2005.

AYOUB, Eliana. Reflexões sobre a educação física na educação infantil. Revista Paulista de Educação Física, supl. 4, p. 53-60, 2001.

BRASIL. Lei n. 9.394 que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 20 de dezembro de 1996. Brasília, 1996.

BUSS-SIMÃO, Márcia. Educação física na educação infantil: refletindo sobre a “hora da educação física". Motrivivência, Ano XVII, n. 25, p. 163-173, dez., 2005.

DEBORTOLI, José Alfredo; LINHALES, Meily Assbú; VAGO, Tarcísio Mauro. Infância e conhecimento escolar: princípios para a construção de uma Educação Física "para" e "com" as crianças. Pensar a Prática, v. 5, p. 92-105, jun./jul., 2001/2002.

FERREIRA, Heraldo Simões. As lutas na educação física escolar. Revista de Educação Física, v. 75, n. 135, p. 36-44, nov., 2006.

GOMES, Manoel dos Santos. Educação física na educação infantil: um estudo sobre a formação de professores em educação física. 2012. 243 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

IZA, Dijnane Fernanda Vedovatto; SOUZA NETO, Samuel de. Os desafios do estágio curricular supervisionado em Educação Física na parceria entre universidade e escola. Movimento, v. 21, n. 1, p. 111-124, jan./mar. 2015.

KRIPKA, Rosana Maria Luvezute; SCHELLER, Morgana; BONOTTO, Danusa de Lara. Pesquisa documental na pesquisa qualitativa: conceitos e caracterização. Revista de Investigaciones UNAD, v. 14, n. 2, p. 55-73, jul./dez., 2015.

LACERDA, Cristiane Guimarães de; COSTA, Martha Benevides da. Educação física na educação infantil e o currículo da formação inicial. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 34, n. 2, p. 327-341, abr./jun., 2012.

LIMA, José Milton de; MOREIRA, Tony Aparecido; LIMA, Márcia Regina Canhoto de. A sociologia da infância e a educação infantil: outro olhar para as crianças e suas culturas. Revista Contrapontos, v. 14, n. 1, p. 95-110, jan./abr., 2014.

MAIA, Janaina Nogueira. Concepções de criança, infância e educação dos professores de Educação Infantil. 2012. 135 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 2012.

MARTINS, Rodrigo Lema Del Rio; SCOTTÁ, Bianca Andreatta; MELLO, André da Silva. Pibid, educação infantil e educação física: práticas pedagógicas centradas nas crianças. Nuances: estudos sobre Educação, v. 27, n. 1, p. 46-66, jan./abr., 2016.

MARTINS, Rodrigo Lema Del Rio; TOSTES, Luiza Fraga; MELLO, André da Silva. Educação infantil e formação docente: análise das ementas e bibliografias de disciplinas dos cursos de educação física. Movimento, v. 24, n. 3, p. 705-720, jul./set., 2018.

MELLO, André da Silva; et. al. A educação infantil na Base Nacional Comum Curricular: pressupostos e interfaces com a Educação Física. Motrivivência, v. 28, n. 48, p. 130-149, set., 2016.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2001

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de. Concepção de infância na educação física brasileira: primeiras aproximações. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 26, n. 3, p. 95-109, maio, 2005.

PINTO, Rubia-Mar Nunes. A formação de professores para a educação infantil: desafios para a universidade. Pensar a Prática, v. 4, p. 135-148, jun./jul., 2000-2001.

RAMOS, Anne Carolina. A construção social da infância: idade, gênero e identidade infantis. Revista Feminismos, v. 1, n. 3, p. 1-24, dez., 2013.

RICHTER, Ana Cristina; VAZ, Alexandre Fernandez. Educação Física, educação do corpo e pequena infância: interfaces e contradições na rotina de uma creche. Movimento, v. 16, n. 1, p. 231-251, jan./abr., 2010.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto. Lutas. In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; DARIDO, Suraya Cristina; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli de (Orgs.). Lutas, Capoeira e Práticas Corporais de Aventura. Maringá: Eduem, 2014. p. 29-68. (Práticas corporais e a organização do conhecimento, v. 4).

SAYÃO, Deborah Thomé. Corpo e Movimento: Alguns desafios para a Educação Infantil. Zero a Seis, v.4, n. 5, p. 1-11, 2002.

SAYÃO, Deborah Thomé. Educação Física na Educação infantil: Riscos conflitos e controvérsias. Motrivivência, Ano XI, n. 13, p. 221-236, nov., 1999.

SAYÃO, Deborah Thomé. Educação Física na pré-escola: da especialização disciplinar à possibilidade de trabalho pedagógico integrado. 1996. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1996.

SAYÃO, Deborah Thomé. Infância, Educação Física e Educação Infantil. Secretaria Municipal da Educação, Síntese da qualificação da Educação Infantil, p. 36-41, 2000.

SILVA, Cecília da. A infância na formação universitária do professor de educação física: a emergência de uma disciplina! Florianópolis. 2009. 194 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

SILVA, Eliane Gomes da; KUNZ, Elenor; SANT’AGOSTINO, Lúcia Helena Ferraz. Educação (Física) Infantil: território de relações comunicativas. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 32, n. 2-4, p. 29-42, dez., 2010.

VAZ, Alexandre Fernandez. Aspectos, contradições e mal-entendidos da educação do corpo e a infância. Motrivivência, Ano XIII, n. 19, 2002.

VIEIRA, Carmen Lúcia Nunes. A.; WELSCH, Nadége Luise Nunes de Abreu. O lugar da infância e da formação humana na formação inicial em Educação Física. Motrivivência, ano XIX, n. 29, p. 129-140, dez., 2007.




DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2020v22n41p107

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.