As múltiplas linguagens no cotidiano das crianças

Cristiane Januário Gonçalves, Débora Andrade Antonio,

Resumo


A linguagem permeia o trabalho na educação infantil e junto com a brincadeira e a interação, constitui um dos eixos da ação pedagógica junto às crianças. Quando falamos em linguagem é comum nos remetermos à linguagem verbal e escrita que, sem dúvida, é fundamental para o desenvolvimento infantil, no entanto, algumas propostas pedagógicas acabam priorizando apenas essas duas formas de linguagem no trabalho com as crianças, em detrimento de outras possibilidades.Dessa forma acabam privando-as de novas vivências e novas experiências que favoreçam a ampliação dos conhecimentos delas. Nesse sentido, existem propostas em educação infantil que têm buscado superar o entendimento mais restrito de linguagem apenas como oralidade e escrita, procurando ampliá-lo face à eprcepção de que a criança se comunica e se expressa por meio de múltiplas linguagens, de “cem linguagens”, como escreve Loris Malaguzzi em sua poesia. O conteúdo do presente artigo visa apresentar e promover a reflexão sobre algumas das múltiplas linguagens presentes na expressão das crianças. Aborda a importância e as possibilidades de trabalhar essas formas de comunicação e expressão como possíveis linguagens na educação das crianças pequenas.

Palavras-chave


Educação Infantil; Criança; Múltiplas Linguagens

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.