Capacidade estratégica de uma empresa calçadista no Brasil: o caso Olympikus

Juliana Suzin, Claudio Reis Gonçalo, Yeda Swirski de Souza

Resumo


O objetivo principal do artigo é analisar como oportunidades são identificadas e recursos são mobilizados para conferir a uma indústria tradicional, condições de competir por meio da inovação. Neste estudo são analisadas decisões e ações associadas ao empreendedorismo e a inovação no contexto de uma indústria brasileira de setor tradicional. Avalia-se o ambiente das cadeias globais de produção e, em particular, o comportamento e desempenho da Indústria Calçadista Brasileira nesse contexto. Um estudo de um caso exemplar da indústria calçadista provê a base empírica para a discussão das questões propostas. Analisa-se uma linha de produtos da Calçados Azaléia, uma das principais indústrias calçadistas do Brasil. As evidências baseiam-se em entrevistas conduzidas com executivos da empresa em 2005 e 2006, e dados secundários ilustram a análise sobre o tema, o setor calçadista e a Empresa. Conclui-se que o caso caracteriza-se por assumir uma perspectiva “revolucionária” de competitividade, através do relançamento de um produto que alia inovação tecnológica, qualidade e design, assumindo um novo papel da inovação na gestão e um novo posicionamento estratégico na dinâmica da cadeia de valor.

Palavras-chave


Estratégia; Empresa calçadista; Inovação; Strategy; Shoe company; Innovation

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.