Adoção de Métodos Científicos como Componente Metodológica e sua explicação nas Dissertações Publicizadas entre 2010 e 2014 de um Programa de Pós-Graduação em Administração

Ruy Tadeu Mambrini Ribas, Luis Carlos Cancellier de Olivo

Resumo


O presente estudo procura ressaltar a importância da adoção de determinadas componentes metodológicas para que uma produção intelectual possa se pretender verdadeiramente científica. Assim sendo, discorre sobre as principais “escolas” de metodologia – a saber, indutiva, dedutiva, hipotético-dedutiva e dialética – para, em seguida, buscar nas dissertações de mestrado de um Programa de Pós-Graduação em Administração menções – por parte dos autores – da adoção de um dos referidos métodos como paradigma para a condução da exposição acadêmica que realizaram. O estudo não analisa a adequação da escolha metodológica nem a correta aplicação dos pressupostos de cada método, mas sim, a ostensividade das escolhas feitas ou não. Trata-se de pesquisa de natureza descritiva, quanto aos fins, e classificada, quanto aos meios, como um estudo de caso.  Analisadas todas as dissertações apresentadas entre os anos de 2010 e 2014 percebeu-se baixa taxa de aderência a uma das metodologias por parte dos autores que, se realizaram opções metodológicas não o explicitaram ao longo de seus textos. 


Palavras-chave


Metodologia Científica; Método Indutivo; Método Dedutivo; Método Hipotético-dedutivo; Método Dialético

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2016v18n44p81

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.