Compreender o Agir Organizacional para Construção de Capacidades Dinâmicas: uma análise exploratória

Luciano Munck, André Luis Silva, Rafael Borim-de-Souza

Resumo


Neste estudo, de caráter bibliográfico, inter-relaciona-se as características de um fenômeno – capacidades dinâmicas – a outro fenômeno – o agir social organizacional. O objetivo é fundamentar um modelo interpretativo do processo cíclico de construção das capacidades dinâmicas pelos agentes sociais em seu agir organizacional. A partir da discussão teórica realizada, argumenta-se que os processos de ações e de decisões realizados pelos gestores em seu agir organizacional, pautando-se pelo fator ético e racional, são elementares para a construção de um processo cíclico das capacidades dinâmicas. Considerando esse argumento, questiona-se a prerrogativa de que as organizações são dependentes de recursos fixos para enfrentarem as transformações do ambiente. Para tanto, articulou-se o entendimento de que o uso das capacidades dinâmicas internalizadas nas práticas dos agentes sociais torna-se meio para se aperfeiçoar a aprendizagem organizacional oriunda dos processos decisórios. Por fim, contribui-se com a sistematização de um modelo interpretativo do processo cíclico de construção das capacidades dinâmicas pelos agentes sociais em seu agir organizacional.


Palavras-chave


Agir organizacional; Capacidades dinâmicas; Estudos organizacionais.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2015v17n42p131

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.