Motivos de estudantes para participação em tarefas investigativas na aula de matemática em uma perspectiva histórico-cultural

Edmilson Minoru Torisu

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n2p349

A proposta deste artigo é apresentar uma discussão em torno dos motivos de um grupo de estudantes para participarem de tarefas investigativas na aula de Matemática em uma perspectiva histórico-cultural. Considerando que os motivos são vários e que emergem no emaranhado social do qual os indivíduos fazem parte, utilizamos a Teoria Histórico-Cultural da Atividade como referencial teórico de análise, uma vez que ela considera o desenvolvimento humano como algo que se dá quando os indivíduos participam em grupos sociais. A análise qualitativa dos dados, obtidos por meio de entrevistas com os estudantes do grupo, sujeitos da pesquisa, mostrou que os motivos que os levam a participar de tarefas investigativas podem estar relacionados a elas, mas não somente. O entorno social no qual os estudantes estão inseridos pode ser tão, ou até mais importante para o surgimento de motivos.


 


Palavras-chave


Teoria histórico cultural da atividade; Educação matemática

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n2p349

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.