Forma, literatura e narrativa ficcional na busca por comunicar: possibilidades para as pesquisas em Educação Matemática

Marcelo Bezerra de Morais

Resumo


Este artigo tem como objetivo sistematizar compreensões sobre as possibilidades e potencialidades da mobilização de narrativas ficcionais nas (e para as) pesquisas em Educação Matemática, mostrando como essas narrativas atravessaram nossos movimentos de pesquisas, potencializando levantar problematizações e pensar teorizações tanto quanto possibilitaram refletir e materializar uma forma de escrita que comunicasse na mesma medida do que se tentava comunicar textualmente. Para isso, analisaremos as compreensões que um grupo de pesquisa defende e exercita sobre a estética científica, as formas de apresentação dos trabalhos, e os modos como as artes, notadamente a literatura, podem estar presentes visceralmente em pesquisas na Educação Matemática, tomando como exemplo um exercício de escrita de uma narrativa (ficcional).

Palavras-chave


Metodologia de pesquisa; Literatura e educação matemática; Estética científica; Teorização

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2018v11n3p107

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.