Necessidades psicológicas básicas no contexto de estudos sobre motivação em aulas de física: evidências de validade de uma escala

Autores

  • Luiz Clement Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Nayra Luiza Carminatti Universidade do Estado de Santa Catarina
  • João Felipe Tavares Freira Universidade do estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1982-5153.2020v13n1p103

Palavras-chave:

Escala Likert, Autonomia, Competência, Pertencimento, Ensino de física

Resumo

Este artigo apresenta os procedimentos de elaboração, bem como evidências de validade fatorial e de fidedignidade da Escala de Medida das Necessidades Psicológicas Básicas: Autonomia, Competência e Pertencimento (EMNPB). A EMNPB possui 26 itens, cuja escala de resposta é tipo likert, e visa avaliar a satisfação das necessidades psicológicas básicas de estudantes do Ensino Médio em atividades didáticas realizadas em aulas de Física. A EMNPB foi aplicada a uma amostra de 451 estudantes do Ensino Médio, de escolas públicas estaduais de Santa Catarina. Foram realizadas as seguintes análises psicométricas: análise fatorial, com extração dos fatores principais; análises de fidedignidade interna, médias e desvio padrão dos itens que compõe os fatores; e a correlação de Pearson entre os fatores. A estrutura encontrada é composta por três fatores similares à formulação teórica: Autonomia (α=0,82), Competência (α=0,88) e Pertencimento (α=0,81). Os resultados indicam evidências satisfatórias de validade fatorial e de fidedignidade dos escores e tornam a EMNPB apta para ser utilizada em investigações que tenham como foco o estudo das necessidades psicológicas básicas de estudantes em aulas de Física.

Biografia do Autor

Luiz Clement, Universidade do Estado de Santa Catarina

Licenciado em Física (UFSM – 2002), Mestre em Educação (UFSM – 2004) e Doutor em Educação Científica e Tecnológica (UFSC - 2013). Professor associado do Departamento de Física da Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC e Professor-Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Matemática e Tecnologias (PPGECMT) da UDESC. Tem experiência na área de educação, com ênfase em ensino de física, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino por investigação; motivação; cognição; resolução de problemas; didática da física (materiais, métodos, estratégias e avaliação) e formação de professores.

 

Nayra Luiza Carminatti, Universidade do Estado de Santa Catarina

Licenciada em Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e Mestre em Ensino de Ciências, Matemática e Tecnologias pelo PPGECMT/UDESC. Durante a graduação atuou como bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e como bolsista de iniciação científica na área de Ensino de Física. Atualmente é professora contratada pela Secretaria de Educação e Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina, atuando como professora de física no Ensino Médio.

João Felipe Tavares Freira, Universidade do estado de Santa Catarina

Licenciado em Física pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Durante a graduação atuou como bolsista de Iniciação Científica na área de Ensino de Física. Atualmente é aluno do Curso de Mestrado em Física da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Referências

ALONSO, D. A.; SÁNCHEZ-MIGUEL, P. A.; MARCOS, F. M. L.; SÁNCHEZ-OLIVA, D.; GARCÍA-CALVO, T. Adaptación a la Expresión Corporal del Cuestionario de Apoyo a las Necesidades Psicológicas Básicas. Electronic Journal of Research in Educational Psychology, v. 10, n. 27, p. 867-884, 2012.

BAPTISTA, M. N.; CAMPOS, D. C. (Orgs.). Metodologias de pesquisa em ciências: análises quantitativa e qualitativa. Reimpressão. Rio de Janeiro: LTC, 2010. 299 p.

BAUMEISTER, R. F.; LEARY, M. R. The need to belong: desire for interpersonal attachments as a fundamental human motivation. PsychologicalBulletin, v. 117, n. 3, p. 497-529, 1995.

BORUCHOVITCH E.; BZUNECK, J. A. Motivação para Aprender no Brasil: estado da arte e caminhos futuros. In: BORUCHOVITCH, E.; BZUNECK, J. A.; GUIMARÃES, S. E. R. (Orgs.). Motivação para Aprender: aplicações no contexto educativo. Petrópolis-RJ: Vozes, 2010. p. 231-354.

BZUNECK, J. A. A motivação do aluno: aspectos introdutórios. In: BORUCHOVITCH, E.; BZUNECK, J. A. (Org.). A Motivação do Aluno: contribuições da psicologia contemporânea. 4.ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2009. p. 9-36.

CLEMENT, L. Autodeterminação e Ensino por Investigação: Construindo Elementos para Promoção da Autonomia em Aulas de Física. 2013. 334 p. Tese de Doutorado. UFSC, Florianópolis, 2013.

CLEMENT, L.; CUSTÓDIO, J. F.; RUFINI, S. E.; ALVES FILHO, J. P. Motivação Autônoma de Estudantes de Física: Evidências de Validade de uma Escala. Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 45-56, 2014.

CLEMENT, L.; CARMINATTI, N. L.; CUSTÓDIO, J. F.; ALVES FILHO, J. P. Possibilidades de se promover a necessidade de pertencimento em aulas de física. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, Bogotá, Colômbia, v. 11, n. 1, p. 26-42, jan/jun. 2016.

DECI, E. L.; VALLERAND, R. J.; PELLETIER, L. G.; RYAN, R. M. Motivation in education: the self-determination perspective. Educational Psychologist, v. 26, n. 3/4, p. 325-346, 1991.

DECI, E. L.; RYAN, R. M. Self-Determination Theory: A Macrotheory of Human Motivation, Development, and Health. Canadian Psychology, v. 49, n. 3, p. 182-185, 2008.

DECI, E. L; RYAN, R. M. The “What” and “Why” of Goal Pursuits: human needs and the Self-Determination of Behavior. Psychological Inquiry, v. 11, n. 4, p. 227-268, 2000.

FURRER, C.; SKINNER, E. Sense of Relatedness as a Factor in Children’s Academic Engagement and Performance. Journal of Educational Psychology, v. 95, n. 1, p. 148-162, 2003.

GUIMARÃES, S. E. R.; BORUCHOVITCH, E. O Estilo Motivacional do Professor e a Motivação Intrínseca dos Estudantes: uma perspectiva da teoria da autodeterminação. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 17, n. 2, p.143-150, 2004.

MEZZALIRA, M. A.; BORUCHOVITCH, E. Escala de Motivação para a Leitura para Estudantes do Ensino Fundamental: Construção e Validação. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 28, n. 1, p. 68-76, 2015.

NIEMIEC, C. P.; RYAN, R. M. Autonomy, competence, and relatedness in the classroom: applying self-determination theory to educational practice. Theory and Research in Education, v. 7, n. 2, p. 133–144, 2009.

OSTERMAN, K. F. Students’ needforbelonging in theschoolcommunity. Review of Educational Research, v. 70, n. 3, p. 323-367, 2000.

PASQUALI, L. Psicometria: teoria e aplicações. Brasília: Ed. da Universidade de Brasília, 1997.

PIRES, A.; CID, L.; BORREGO, J.; ALVES, C. S. Validação preliminar de um questionário para avaliar as necessidades psicológicas básicas em Educação Física. Motricidade, v. 6, n. 1, p. 33-51, 2010.

REEVE, J. Motivação e Emoção. Tradução de Luis Antonio Fajardo Pontes e Stella Machado. 4ª ed., Rio de Janeiro: LTC, 2006, 256 p.

RICARDO, E. C. Problematização e contextualização no ensino de física. In: CARVALHO, A. M. P.; RICARDO, E. C.; SASSERON, L. H.; ABIB, M. L. V.; PIETROCOLA, M. Ensino de Física. São Paulo: Cengage Learning, 2010. p. 29-51. (Coleção Ideias em Ação).

RYAN, R. M. Psychological needs and the facilitation of integrative processes. Journal of Personality, v. 63, n. 3, p. 397-427, 1995.

RYAN, R. M.; DECI, E. L. Intrinsic and extrinsic motivations: Classic definitions and new directions. Contemporary Educational Psychology, v. 25, n. 1, p.54-67, 2000.

RYAN, R. M.; POWELSON, C. L. Autonomy and relatedness as fundamental to motivation and education. Journal of Experimental Education, v. 60, p. 49-66, 1991.

RYAN, R. M.; STILLER, J.; LYNCH, J. H. Representations of relationships to teachers, parents, and friends as predictors of academic motivation and self-esteem. Journal of Early Adolescence, v. 14, n. 2, p. 226-249, 1994.

SÁNCHEZ-OLIVA, D.; LEO, F. M; AMADO, D.; CUEVAS, R.; GARCÍA-CALVO, T. Desarrollo y Validación del Cuestionario de Apoyo a las Necesidades Psicológicas Básicas en Educación Física. Motricidad, European Journal of Human Movement, v. 30, p. 53-71, 2013.

TSAI, Y.; KUNTER, M.; LUDTKE, O.; TRATWEIN, U.; RYAN, R. M. What Makes Lessons Interesting? The Role of Situational and Individual Factores in Three School Subjects. Journal of Educational Psychology, v. 100, n. 2, p. 460-472, 2008.

FILAK, V. F.; SHELDON, K. M. Student Psychological Need Satisfaction and College Teacher-Course Evaluations. Educational Psychology, v. 23, n. 3, p. 235-247, 2003.

VLACHOPOULOS, S. P., MICHAILIDOU, S. Development and Initial Validation of a Measure of Autonomy, Competence, and Relatedness in Exercise: The Basic Psychological Needs in Exercise Scale. Measurement in Physical Education and Exercise Science, v. 10, n. 3, p. 179–201, 2006.

WHITE, R. W. Motivation reconsidered: the concept of competence. Psychological Review, v. 66, n. 5, p. 297–333, 1959.

WHITE, R. W. Motivation reconsidered: the concept of competence. In: MUSSEM, P. H.; CONGER; J. J.; KAGAN, J. (Orgs.). Basic and contemporary issues in developmental psychology. New York: Harper & Row, 1975. p. 230-266.

Downloads

Publicado

2020-05-13

Edição

Seção

Artigos