Análise de propostas de ensino baseadas em QSC: uma revisão da literatura na educação básica

Autores

  • Grégory Alves Dionor Universidade Federal da Bahia
  • Dália Melissa Conrado Universidade Federal da Grande Dourados
  • Liziane Martins Universidade Federal do Sul da Bahia
  • Nei de Freitas Nunes Neto Universidade Federal da Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.5007/1982-5153.2020v13n1p197

Palavras-chave:

Educação científica, Educação CTSA, Propostas de ensino, Análise de conteúdo

Resumo

Considerando a importância de se caracterizar estratégias didáticas sobre questões sociocientíficas (QSC) para avaliar as propostas executadas no contexto do ensino das ciências naturais na Educação Básica, analisamos propostas de ensino baseadas em QSC presentes na literatura, por meio de uma revisão sistemática de artigos levantados em bases de dados nacionais e internacionais. Nos 34 artigos analisados, observamos as definições sobre QSC e dificuldades relatadas, como as resistências encontradas, a falta de materiais adequados, a deficiência na formação docente, e a dificuldade dos próprios discentes. Porém, os trabalhos apontam que o ensino baseado em QSC colabora na construção de uma educação científica contextualizada e alinhada com a educação CTSA, auxilia na formação de cidadãos críticos e sociopoliticamente ativos, mobiliza outros conhecimentos e dimensões dos conteúdos, entre outras vantagens. Nesse sentido, compreendendo melhor sobre essa literatura, poderemos delinear com maior qualidade futuros projetos na área.

Biografia do Autor

Grégory Alves Dionor, Universidade Federal da Bahia

Licenciado em Ciências Biológicas (UNEB/DEDC-X). Especialista em Docência no Ensino Superior (UniBF). Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências, pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS), no qual também está cursando seu doutorado. Atualmente é Professor Substituto do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade do Estado da Bahia - Campus X/DEDC. É coordenador voluntário da Residência Pedagógica e do PIBID, ambos vinculados ao curso no qual leciona. Está vinculado ao Laboratório de Ensino, Filosofia e História da Biologia - LEFHBio (IBio-UFBA). Desenvolve pesquisas acerca de Ensino de Ciências e Biologia, Questões Sociocientíficas, Educação CTSA e Formação de Professores.

Dália Melissa Conrado, Universidade Federal da Grande Dourados

Bióloga, Doutora em Ensino, Filosofia e História das Ciências (2017, PPGEFHC - UFBA/UEFS-BA). Mestre e Doutora em Ecologia (2013, PPGECOBIO - UFBA-BA). Bacharel em Ciências Biológicas (2002, UEM-PR). Licenciada em Biologia (2015, FACIBA-BA). Pesquisadora do Laboratório de Ensino, Filosofia e História da Biologia (LEFHBIO-BA) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estudos Interdisciplinares e Transdisciplinares em Ecologia e Evolução (INCT-INTREE), sediado na UFBA. Tem experiência nas áreas de Educação Científica (Educação Ciência-Tecnologia-Sociedade-Ambiente e Questões Sociocientíficas), Educação em Saúde, Ética Ambiental e Fisiologia Humana. Foi pesquisadora visitante e fez estágio de pós-doutoramento (2015) no IAS-Research Group, Centre for Life, Mind and Society, da Universidad del País Vasco, San Sebastián, Espanha. Atualmente, é Professora Visitante da Faculdade de Educação, da Universidade Federal da Grande Dourados, MS

Liziane Martins, Universidade Federal do Sul da Bahia

Liziane Martins possui graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE, 2006), especializações em Citogenética Humana pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL, 2008) e Formação Docente Ensino Superior: abordagens pedagógicas contemporâneas (UNIJORGE, 2011), mestrado (UFBA/UEFS, 2010) e doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências, pela Universidade Federal da Bahia/Universidade Estadual de Feira de Santana (UFBA/UEFS, 2016). Atualmente é pesquisadora e professora da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Realiza pesquisas nas áreas de Formação de Professores, Biologia Teórica, com ênfase em Ensino, Filosofia e História da Biologia, e Educação em Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: interface saúde-educação, literacia em saúde, análise de conteúdo de Livro Didático de Biologia, Questões Sociocientíficas para o Ensino de Ciências/Biologia e mobilização de dimensões conceituais, procedimentais e atitudinais em intervenções pedagógicas.

Nei de Freitas Nunes Neto, Universidade Federal da Grande Dourados

Nei de Freitas Nunes-Neto é Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais, da Universidade Federal da Grande Dourados, desde janeiro/2018. Coordena o Grupo Colaborativo de Pesquisa e Prática em Educação e Filosofia, da FCBA/UFGD. De 2010 a 2017, foi professor do Instituto de Biologia, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). É professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS). É um dos coordenadores de projetos do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estudos Interdisciplinares e Transdisciplinares em Ecologia e Evolução (INCT IN-TREE), que reúne cerca de 300 pesquisadores de várias instituições brasileiras e estrangeiras. No IN-TREE coordena projetos ligados a educação, epistemologia e ética. Em 2015, foi pesquisador visitante no Centro para Vida, Mente e Sociedade, do Departamento de Lógica e Filosofia da Ciência, da Universidade do País Basco. Obteve doutorado em Ecologia (UFBA, 2013), mestrado em Ensino, Filosofia e História das ciências (UFBA/UEFS, 2008), e bacharelado em Ciências Biológicas (UFBA, 2006). Ministra palestras e participa de mesas-redondas em eventos no Brasil e no exterior, sobretudo nas áreas de educação e filosofia. Realiza atividades de ensino, pesquisa e extensão em Educação em Ciências e Filosofia da Biologia.

Referências

AGUIAR, R.C.B.; CABRAL, I.E. A temática saúde nas atas do ENPEC: delineando tendências e apontando demandas de investigação em ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 6., 2007, Florianópolis. Anais.. Florianópolis, 2007.

ARANHA, M.L.A. Filosofia da educação. 2. ed. São Paulo: Moderna, 1996.

ARENAS, M.L.M.; DÍAZ, M.A.R.; MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F. Competencias ambientales em básica primaria a partir del desarrollo de uma unidad didáctica sobre la controversia? vivienda o humedales? Indagatio Didactica, v. 8, n.1, p. 702-720, 2016.

BARBOSA, L.G.D.; LIMA, M.E.C.C.; MACHADO, A.H. Controvérsias sobre o aquecimento global: circulação de vozes e de sentidos produzidos em sala de aula. Revista Ensaio, v. 14, n. 1, p.113-130, 2012.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

BELL, J. Doing your research Project: a guide for first-time researchers in education, health and social science. 4. ed. England: Open University Press, 2005.

CARVALHO, L.M. de; LEITE, S.Q.M. Educação em Ciências para a vida: construção de documentários baseados em temas sociocientíficos da cidade. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, 2015.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

CONRADO, D.M. Questões Sociocientíficas na Educação CTSA: contribuições de um modelo teórico para o letramento científico crítico. Tese de doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências – Universidade Federal da Bahia / Universidade Estadual de Feira de Santana, Salvador, 2017.

CONRADO, D.M.; NUNES-NETO, N.F. (Orgs.). Questões Sociocientíficas: fundamentos, propostas de ensino e perspectivas para ações sociopolíticas. Salvador: EDUFBA, 2018a.

CONRADO, D.M.; NUNES-NETO, N.F. Questões sociocientíficas para a aprendizagem de conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais no Ensino de Ciências. In: CONRADO, D.M.; NUNES-NETO, N.F. (Orgs.). Questões Sociocientíficas: fundamentos, propostas de ensino e perspectivas para ações sociopolíticas. Salvador: EDUFBA, 2018b. p. 77-118.

DAL-FARRA, R.A.; NUNES-NETO, N.F. Reflexões sobre Filosofia e História da Biologia e Educação. Acta Scientiae, v. 16, n. 2, p. 370-382, 2014.

DEMO, P. Introdução à metodologia da ciência. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1985.

DIONOR, G. A. Propostas de ensino baseado em questões sociocientíficas: uma análise sistemática da literatura acerca do ensino de ciências na educação básica. Dissertação de mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências – Universidade Federal da Bahia/Universidade Estadual de Feira de Santana, Salvador, 2018.

ERIC. Education Resources Information Center. (On-line). 2017. Disponível em: https://eric.ed.gov/pdf/ERIC_Contributers_Fall2016.pdf. Acesso em: 7 nov.2017.

FERREIRA, A.C.; QUADROS, A.L.; RODRIGUES, V.A.B. Ensino a partir de temas: é favorecida a apropriação de conceitos científicos? Indagatio Didactica, v. 8, n.1, p.1098-1113, 2016.

FREITAS, R.O.; BRAGA, M. Uma controvérsia sócio-científica em escolas do Rio de Janeiro: relatos de um fracasso. In: SEMINÁRIO ÍBERO-AMERICANO DE CTS, 2., 2010, Brasília. Anais... Brasília, 2010.

GAGLIARDI, R. Los conceptos estructurales en el aprendizaje por investigación. Enseñanza de las Ciencias, v. 4, n. 1, p. 30-35, 1986.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

GIL-PÉREZ, D.; MONTORO, I.F.; ALÍS, J.C.; CACHAPUZ, A.; PRAIA, J. Por uma imagem não deformada do trabalho científico. Ciência & Educação, v.7, n.2, p.125-153, 2001.

GONÇALVES, R.S.; SILVA, L.F. Abordagem de Temas a Partir do Enfoque CTS na Educação Básica: Caracterização dos Trabalhos Apresentados por Autores Brasileiros, Espanhóis e Portugueses nos Seminários Ibero-americanos CTS. Revista CTS, v.12, n.34, p.223-249, 2017.

HODSON, D. Going beyond STS: towards a curriculum for sociopolitical action. The Science Education Review, v. 3, n. 1, p. 2-7, 2004.

HODSON, D. Science Education as a Call to Action. Canadian Journal of Science, Mathematics and Technology Education, v. 10, n. 3, p. 197-206, 2010.

HODSON, D. Don’t Be Nervous, Don’t Be Flustered, Don’t Be Scared. Be Prepared. Canadian Journal of Science, Mathematics and Technology Education, v. 13, n. 4, p. 313-331, 2013.

HOEG, D.; LEMELIN, N.; BENCZE, J.L. Sociopolitical development of private school children mobilising for disadvantaged others. Cultural Studies of Science Education, v. 10, n. 4, p. 1155-1174, 2015.

IDELAND, M.; MALMBERG, C. Body talk: students' identity construction while discussing a socioscentific issue. Cultury Studies of Science Education, v. 7, p. 279-305, 2012.

JIMÉNEZ-ALEIXANDRE, M.P.; FREDERICO-AGRASO, M. A argumentação sobre questões sociocientíficas: processos de construção e justificação do conhecimento em sala de aula. Educação em Revista, v. 43, p. 13-33, 2006.

JIMÉNEZ-ALEIXANDRE, M.P.; RODRÍGUEZ A.B, DUSCHL, R.A. “Doing the Lesson” or “Doing Science”: Argument in High School Genetics. Science Education, v. 84, p. 757–792, 2000.

JONES, A.; BUNTTING, C.; HIPKINS, R; MCKIM, A.; CONNER, L.; SAUNDERS, K. Developing Students' Futures Thinking in Science Education. Research in Science Education, v. 42, p. 687-708, 2012.

KAHN, S.; ZEIDLER, D.L. A Case for the Use of Conceptual Analysis in Science Education Research. Journal of Research in Science Teaching, v. 54, n. 4, p. 538-551, 2017.

KOLSTØ, S.D. Scientific literacy for citizenship: Tools for dealing with the science dimension of controversial socioscientific issues. Science Education, v. 85, n. 3, p. 291-310, 2001.

LECOMPTE, M.; GOETZ, J. Problems of reliability and validity in ethnographic research. Review of Educational Research, v. 52, n. 1, p. 31-60, 1982.

LEVINSON, R. Towards a Theoretical Framework for Teaching Controversial Socio-scientific Issues. International Journal of Science Education, v. 28, n.10, p.1201-1224, 2006.

LUCKESI, C. C. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1994.

MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F. Questões sociocientíficas na prática docente: ideologia, autonomia e formação de professores. São Paulo: Editora Unesp, 2012.

MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F. Cuestiones sociocientíficas em la formación de profesores de ciencias: aportes y desafios. TED: Tecné, Episteme y Didaxis, n. 36, p. 77-94, 2014.

MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F.; CARVALHO, W.L.P. Contribuições e dificuldades da abordagem de questões sociocientíficas na prática de professores de ciências. Educação e Pesquisa, v.38, n .03, p. 727-741, 2012.

MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F.; CARVALHO, W.L.P.; LOPES, N.C.; CARNIO, M.P.; VARGAS, N.J.B. Abordagem de questões sociocientíficas no Ensino de Ciências: contribuições à pesquisa da área. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2011, Campinas. Anais... Campinas, 2011.

MELO, L.M.; PRÍMOLA, N.S.; MACHADO, P.F.L. E-lixo: um tema sociocientífico para aulas de Química com enfoque CTS na educação politécnica. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9., 2013, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, 2013.

MOREIRA, M.C.A.; AMOR, R. Estudo comparativo da sustentabilidade na visão de estudantes em eventos esportivos em Londres e no Rio de Janeiro. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, 2015.

MUNDIM, J.V.; SANTOS, W.L.P. Ensino de ciências no ensino fundamental por meio de temas sociocientíficos: análise de uma prática pedagógica com vista à superação do ensino disciplinar. Ciência & Educação, v. 18, n. 4, p. 787-802, 2012.

NICOLAOU, C.T.; EVAGOROU, M.; LYMBOURIDOU, C. Elementary School Students' Emotions when Exploring an Authentic Socio-Scientific Issue through the Use of Models. Science Education International, v. 26, n. 2, p. 240-259, 2015.

PARASKEVA-HADJICHAMBI, D.; HADJICHAMBIS, A.C.; KORFIATIS, K. How Students' Values are Intertwined with Decisions in a Socio-scientific Issue. International Journal of Environmental & Science Education, v. 10, n. 3, p. 493-513, 2015.

PEDRETTI, E.; NAZIR, J. Currents in STSE Education: mapping a complex field, 40 years on. Science Education, v. 95, n. 4, 2011.

PEREIRA, R.G.; TRIVELATO, S.L.F. Estudantes do ensino médio utilizam conhecimento científico em seus posicionamentos acerca de questões sócio-científicas? In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2011, Campinas. Anais... Campinas, 2011.

PEREIRA, R.G.; TRIVELATO, S.L.F. Uma análise sobre as características de argumentos de alunos do Ensino Médio sobre temática sócio-científica. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis, 2009.

PRAIA, J.; CACHAPUZ, A.; GIL-PÉREZ, D. Problema, teoria e observação em ciência: para uma reorientação epistemológica da Educação em Ciência. Ciência & Educação, v. 8, n. 1, p. 127- 145, 2002.

RAMÍREZ, N.K.G.; MARTÍNEZ-PÉREZ, L.F. Incidencia del abordaje de una cuestión socio-científica em la alfabetización científica y tecnológica de jóvenes y adultos. Praxis & Saber, v. 6, n. 11, p. 87-114, 2015.

RAMOS, A.; FARIA, P.M.; FARIA, A. Revisão sistemática da literatura: contributo para a inovação na investigação em Ciências da Educação. Revista Diálogo Educacional, v. 14, n. 41, p. 17-36, 2014.

RATCLIFFE, M.; GRACE, M. Science Education for Citizenship: teaching socio-scientific issues. Philadelphia: Open University Press, 2003.

REIS, P.; GALVÃO, C. Teaching Controversial Socio-Scientific Issues in Biology and Geology Classes: A Case Study. Electronic Journal of Science Education, v. 13, n. 1, p. 1-24, 2009.

SADLER, T.D. Moral and ethical dimensions of socioscientific decision-making as integral components of science literacy. Science Educator, v. 13. p. 39-48, 2004a.

SADLER, T.D. Informal Reasoning Regarding Socioscientific Issues: A Critical Review of Research. Journal of Research in Science Teaching, v. 41, n. 5, p. 513–536, 2004b.

SADLER, T.D. Evolutionary theory as a guide to socioscientific decision-making. Journal of Biological Education, v. 39, n. 2, p. 68-72, 2005.

SADLER, T.D.; DONNELLY, L.A. Socioscientific Argumentation: The effects of content knowledge and morality. International Journal of Science Education, v. 28, n. 12, p. 1463-1488, 2006.

SADLER, T.D.; ZEIDLER, D.L. The morality of socioscientific issues: Construal and resolution of genetic engineering dilemmas. Science Education, v. 88, n. 1, p. 4-27, 2004.

SANTOS, J.C.; CONRADO, D.M.; NUNES-NETO, N.F. Questões sociocientíficas no ensino fundamental de ciências: uma experiência com poluição de águas. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 1051-1067, 2016.

SANTOS, C.G.M.M.; KATO, D.S. Limites e possibilidades do uso de situações problemas como recurso pedagógico: os temas controversos sócio científicos e as relações CTSA como perspectivas para o Ensino de Ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9., 2013, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, 2013.

SANTOS, M.S.; AMARAL, C.L.C.; MACIEL, M.D. Tema sociocientífico "cachaça" em aulas práticas de química na educação profissional: uma abordagem CTS. Revista Ensaio, v. 14, n. 1, p. 227-239, 2012.

SANTOS, P.G.F.; LOPES, N.C., CARNIO, M.P.; CARVALHO, L.M.O.; CARVALHO, W.L.P. A abordagem de Questões Sociocientíficas no ensino de Ciências: uma compreensão das sequências didáticas propostas por pesquisas na área. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2011, Campinas. Anais... Campinas, 2011.

SCHIMIDT, D.T.; SUTIL, N. O jogo digital Minecraft como um espaço de discussão, reflexão e ação a partir dos pressupostos da educação CTSA. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 1863-1880, 2016.

SCIELO. Scientific Eletronic Library Online. (On-line). 2017. Disponível em: http://www.scielo.org/php/index.php?lang=pt. Acesso em: 07 nov.2017.

SCOPUS. (On-line). 2017. Disponível em: https://www.elsevier.com/solutions/scopus/content. Acesso em 07 nov.2017.

SILVA, F. L.; PESSANHA, P. R.; BOUHID, R. Abordagem do tema controverso Radioatividade/Energia Nuclear em sala de aula no Ensino Médio - Um Estudo de Caso. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2011, Campinas. Anais... Campinas, 2011.

SILVA, K.M.A. Questões sociocientíficas e o pensamento complexo: tecituras para o Ensino de Ciências. Tese de Doutorado em Educação – Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

SIMONNEAUX, L. Cómo favorecer la argumentación sobre las biotecnologías entre el alumnado. Alambique - Didatica de las Ciencias Experimentales, n. 25, p. 27-44, 2000.

SIMONS, G.F.; FENNIG, C.D. (Eds.). Ethnologue: Languages of the World. 20. ed. Texas: SIL International. Disponível em: http://www.ethnologue.com. Acesso em: 16 nov. 2017.

SOLBES, J. Contribuición de las cuestiones sociocientíficas al desarrollo del pensamiento crítico (I): introducción. Revista Eureka sobre Enseñanza y Divulgación de las Ciencias, v. 10, n. 1, p.1-10, 2013.

SOUSA, P.S.; GEHLEN, S.T. Questões Sociocientíficas no Ensino de Ciências: algumas características das pesquisas brasileiras. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 19, p. 1-22, maio. 2017.

VENTURI, T.; MOHR, A. Análise da Educação em Saúde em publicações da área da Educação em Ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 8., 2011, Campinas. Anais... Campinas, 2011.

VISSICARO, S.P.; FIGUEIRÔA, S.F.M.; ARAÚJO, M.S. Questões sociocientíficas nos anos iniciais do Ensino Fundamental: o tema água em evidência. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 1596-1609, 2016.

WU, Y.T.; TSAI, C.C. The Effects of Different On-line Searching Activities on High School Students' Cognitive Structures and Informal Reasoning Regarding a Socio-scientific Issue. Research in Science Education, v. 41, n. 5, p. 771-785, 2011.

ZEIDLER, D.L.; SADLER, T.D.; SIMMONS, M. L.; HOWES, E.V. Beyond STS: a research-based framework for socioscientific issues education. Science Education, v. 89, p. 357-377, 2005.

ZEIDLER, D.L.; SADLER, T.D.; APPLEBAUM, S.; CALLAHAN, B.E. Advancing Reflective Judgment through Socioscientific Issues. Journal of Research in Science Teaching, v. 46, n. 1, p. 74-101, 2009.

ZEIDLER, D.L.; NICHOLS, B.H. Socioscientific Issues: theory and practice. Journal of Elementary Science Education, v. 21, n. 2, p. 49-58, 2009.

Downloads

Publicado

2020-05-13

Edição

Seção

Artigos