O filme “Guerra dos Mundos” (1953) e as Percepções sobre a Ciência e o Trabalho Científico na Guerra Fria

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1982-5153.2021.e67619

Palavras-chave:

Guerra dos Mundos (filme), Ciência, Cinema, Guerra fria

Resumo

Em 1953, foi lançado o filme Guerra dos Mundos, uma adaptação do romance homônimo de H.G. Wells, publicado em 1898. Neste artigo, analisamos como esse filme refletiu a tendência de valorização da ciência no período em que foi lançado, impulsionada pelas disputas políticas e militares características da Guerra Fria. Em um primeiro momento, apresentamos um panorama historiográfico sobre anos iniciais da Guerra Fria, especialmente sobre os desenvolvimentos científicos surgidos a partir da década de 1950 e o crescente enaltecimento da ciência que deles emergiram. Em seguida, mostramos como algumas cenas do filme Guerra dos Mundos (1953) reforçaram essa valorização, ao reposicionar o cientista de coadjuvante a protagonista em relação à obra original de Wells e ao ressaltar uma visão indutivista da ciência. A partir desse estudo teórico, acreditamos ser possível fornecer subsídios para atividades de ensino na interface entre história das ciências e cinema.

Biografia do Autor

Renan Siqueira da Silva, UFABC

Licenciado em Física pela Universidade de São Paulo (USP), mestre e doutorando em Ensino e História das Ciências e da Matemática pela Universidade Federal do ABC (UFABC).

 

Breno Arsioli Moura, Centro de Ciências Naturais e Humanas - CCNHUniversidade Federal do ABC - UFABC

Licenciado em Física pela Unicamp (2005) e mestre e doutor em Ensino de Ciências pela USP (2008; 2012), com ênfase em História das Ciências. Desde 2013, é Professor Adjunto da Universidade Federal do ABC (UFABC), localizada em Santo André-SP. Realizou estágios pós-doutorais no Departamento de História da Universidade da Califórnia (Berkeley-EUA) e no laboratório SPHÈre (Université Paris 7 - Diderot / CNRS, Paris-França), ambos com apoio FAPESP.

Referências

ABIB, M. L. V. S. Em busca de uma nova formação de professores. Ciência & Educação, n. 3, p. 60-72, 1996.

ARROIO, A. Cinema as narrative to teach nature of science in science education. Western Anatolia Journal of Educational Sciences (WAJES), Special Issue, p. 87-92, 2011.

BERNADET, J. C. O que é cinema. São Paulo: Livraria Brasiliense, 1980.

CARREGA, J. M. N. O cinema de George Pal. Revista Livre de Cinema, v. 3, n. 1, p. 53-61, 2016.

CHALMERS, A. F. O que é ciência, afinal? São Paulo: Editora Brasiliense, 1993.

CHAVES, S. N. História da Ciência Através do Cinema: Dispositivo Pedagógico na Formação de Professores de Ciências. Alexandria – Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 5, n. 2, p. 83-93, 2012.

CHIQUETTO, M. J. O currículo de física do ensino médio no Brasil: Discussão retrospectiva. Revista e-curriculum, v. 7, n. 1, p. 1-17, 2011.

FIGUEIREDO, B. G.; SILVEIRA, A. J. T. História da ciência no cinema 3. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2010.

FOUREZ, G. A Construção das Ciências: introdução à filosofia e à ética das ciências. São Paulo: Ed. UNESP, 1995.

GOMES, A. C. V.; FIGUEIREDO, B. G.; TRUEBA, C. C. História da ciência no cinema 4. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

GOMES, A. C. V.; FIGUEIREDO, B. G.; TRUEBA, C. C.; CARVALHO, E. B. História da ciência no cinema 5. Belo Horizonte: Fino Traço, 2014.

HENDERSHOT, C. Anti-Communism and Ambivalence in Red Planet Mars, Ivansion USA, and The Beast of Yucca Flats. Science Fiction Studies, v. 2, p. 2, 2001.

HOBSBAWM, E. Era dos Extremos: O breve século XX: 1914 – 1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HÖTTECKE, D.; SILVA, C. C. Why implementing history and philosophy in school science education is a challenge: an analysis of obstacles. Science & Education, v. 20, n. 3-4, p. 293-316, 2011.

KOJEVNIKOV, A. The little ball made science bigger. Nature, v. 449, p. 542, 2007.

KRASILCHIK, M. Reformas e realidade: o caso do ensino de ciências. São Paulo em Perspectiva, v. 14, p. 85-93, 2000.

MARTINS, R. A.; SILVA, C. C.; PRESTES, M. E. B. History and philosophy of science in science education, in Brazil. In: MATTHEWS, M. R. (Org.). International handbook of research in history, philosophy and science teaching. Dordrecht: Springer, 2014. p. 2271-2299.

MEDITSCH, E. B. V. Entre Wells e Welles: o roteiro de Howard Koch pôs A Guerra dos Mundos na Era do Rádio. In: ZAREMBA, L.; BENTES, I. (Org.). Rádio Nova: Constelações da Radiofonia Contemporânea. Rio de Janeiro: Publique/ECO/UFRJ, 1999, v. 3, p. 135-14.

MELO, C. G.; WINTER, O. C. A era espacial. In: WINTER, O. C.; PRADO, A. F. B. A. (orgs.). A conquista do espaço: do Sputnik à Missão centenário. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2007.

MIZUKAMI, M. G. N. Ensino: As Abordagens do Processo. EPU: São Paulo. 1986.

OLIVEIRA, B. J. Cinema e imaginário científico. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 13 (suplemento), p. 133-150, 2006.

OLIVEIRA, B. J. História da ciência no cinema, Belo Horizonte: Argvmentvm, 2005.

OLIVEIRA, B. J. História da ciência no cinema 2, Belo Horizonte: Argvmentvm, 2007.

OLIVEIRA, L. D. Aprendendo Física com o Homem-Aranha: Utilizando Cenas do Filme para Discutir Conceitos de Física no Ensino-Médio. Revista Física na Escola, v.7, n. 2, 2006.

PIASSI, L. P.; PIETROCOLA, M. Ficção científica e ensino de ciências: para além do método de ‘encontrar erros em filmes. Educação e Pesquisa, v. 35, n. 3, p. 525-40, 2009.

ROBERTS, A. A verdadeira história da ficção científica: do preconceito à conquista das massas. São Paulo: Seoman, 2018.

SÁ, T. M. Os Estados Unidos e o fim da Guerra Fria. Relações Internacionais, n. 43, p. 15-29, 2014.

SOUSA, A. F. A Linguagem Cinematográfica em Gattaca: o que (mais) os filmes podem ensinar sobre ciência? Dissertação de mestrado em Ensino e História das Ciências e da Matemática – Universidade Federal do ABC, Santo André, 2016.

SILVA NETO, C. P.; FREIRE JÚNIOR, O. Um presente de Apollo: lasers, história e aplicações. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 39, n. 1, 2017.

SILVA, R.S. A ciência e o cientista em Guerra dos Mundos (1953). Dissertação de mestrado em Ensino e História das Ciências e da Matemática – Universidade Federal do ABC, Santo André, 2018.

SILVA, R. S.; MOURA, B. A.; DIETRICH, A. M. Guerra dos Mundos (1953) e a visão de ciência no pós-guerra. Contemporartes: revista semanal de difusão cultural, v. 7, 2017.

TEIXEIRA, E. S.; GRECA, I. M.; FREIRE JR., O. Uma revisão sistemática das pesquisas publicadas no Brasil sobre o uso didático de História e Filosofia da Ciência no ensino de Física. In: PEDUZZI, L. O. Q.; MARTINS, A. F. P.; FERREIRA, J. M. H. (orgs.). Temas de História e Filosofia da Ciência. Natal: Editora da UFRN, 2012. p. 9-40.

VALIM, A. B. Imagens vigiadas: Uma história do cinema no alvorecer da Guerra Fria, 1945-1954. Tese de Doutorado em História Social – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2006.

VANOYE, F.; GOLLIOT-LÉTÉ, A. Ensaio sobre a Análise Fílmica. Campinas: Papirus, 1994.

WELLS, H. G. A Guerra dos Mundos. Rio de Janeiro: Suma de Letras, 2016.

Arquivos adicionais

Publicado

2021-05-21

Edição

Seção

Artigos