Caminhos históricos e epistemológicos da psicologia: contribuições da fenomenologia e existencialismo

Conteúdo do artigo principal

Daniela Ribeiro Schneider

Resumo

O texto, baseado em revisão de literatura, discute, a partir da história da psicopatologia, as contradições entre a perspectiva de tese psiquiatrizante e sua antítese antipsiquiarizante, buscando descrever os aspectos epistemológicos que as sustentam. Detalha a influência da fenomenologia e da psicologia existencialista para a formulação das raízes epistemológicas da antítese.

Detalhes do artigo

Como Citar
SCHNEIDER, D. R. Caminhos históricos e epistemológicos da psicologia: contribuições da fenomenologia e existencialismo. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 57-72, 2011. DOI: 10.5007/cbsm.v1i2.68474. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68474. Acesso em: 10 ago. 2022.
Seção
Artigos originais