O uso de paciente simulado como estratégia de ensino em saúde mental

Autores

  • Jeferson Rodrigues Rodrigues Universidade Federal de Santa Catarina
  • Saionara Nunes de Oliveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Aline Massaroli Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jussara Gue Martini Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fabrício Augusto Menegon Universidade Federal de Santa Catarina
  • Walter Ferreira de Oliveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Renê Schleiniger dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Simulação. Paciente simulado, Saúde mental, Atenção psicossocial, Ensino.

Resumo

A disciplina Processo de viver Humano V – Atenção básica e saúde mental, oferecida na sétima fase do currículo do curso de graduação em enfermagem da UFSC, iniciou em 2014 o uso da simulação clínica como método de ensino. Diante da especificidade da disciplina, que aborda a subjetividade e a comunicação como principal ferramenta de trabalho da enfermagem, encontrou no uso de pacientes simulados uma forma de aproximar o contexto clínico dos estudantes e prepará-los para um cuidado mais qualificado das demandas reais de saúde mental. Uma parceria exitosa se deu com o Núcleo de Humanização, Arte e Saúde – NUHAS que viabilizou os atores. A disciplina desenvolveu ao longo de dois semestres simulações clínicas que abordaram o acolhimento ao paciente ansioso, depressivo e com ideação suicida. Os alunos de enfermagem realizaram o atendimento simulado, identificaram suas fragilidades, exercitaram a comunicação terapêutica e puderam discutir com os colegas e professores estratégias de aprimorar o atendimento. A fidelidade psicológica proporcionada pelo método adotado é um valioso diferencial no desenvolvimento da competência clínica desejada para os enfermeiros.

Downloads

Publicado

2016-12-07

Como Citar

RODRIGUES, J. R.; OLIVEIRA, S. N. de; MASSAROLI, A.; MARTINI, J. G.; MENEGON, F. A.; OLIVEIRA, W. F. de; SANTOS, R. S. dos. O uso de paciente simulado como estratégia de ensino em saúde mental. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 8, n. 18, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/69420. Acesso em: 6 dez. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>