Pós-colonialismo: culturas em diálogo

Sérgio Luiz Prado Bellei

Abstract


http://dx.doi.org/10.5007/2175-8026.2001n40p107

 

Ao lado de “pós-colonialismo,” “pós-modernismo” e “globalização,” é bem possível que “cultura” faça parte, hoje, da lista de conceitos que são, ao mesmo tempo, inúteis e indispensáveis. Se, de um lado, desafiam definições precisas, de outro, estão por toda parte e não podem deixar de ser usados. No caso da definição de cultura, pelo menos desde que Raymond Williams avisou, em Keywords, que a palavra é “uma das duas ou três ... mais complicadas da língua” (76), usá-la sem introduções cautelares é, no mínimo, arriscado. Evitar o uso, por outro lado, não é realmente uma opção.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8026.2001n40p107

Copyright (c) 2001 Sérgio Luiz Prado Bellei

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.