Midialidades e adaptabilidades nos trabalhos de amor shakespearianos de Jorge Furtado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8026.2022.e85993

Palavras-chave:

Literatura comparada, Paródia, Intermidialidade, Antropofagia literária, Shakespeare

Resumo

Neste artigo, objetivamos analisar a representação de midialidades (em termos de possibilidades e de restrições midiáticas) no romance Trabalhos de amor perdidos, do escritor Jorge Furtado. Na narrativa literária, destacam-se especialmente as referências às mídias teatro, novela ilustrada, programa de rádio e website, a partir das escolhas das personagens do romance sobre como trabalhar suas potencialidades e entraves comunicativos ao desenvolverem projetos de adaptação que envolvem Shakespeare e sua obra. Discutimos ainda a relação entre intertextualidade e intermidialidade, de modo a posteriormente ilustrarmos o caráter devorador da paródia de Furtado.

Biografia do Autor

Caio Antônio Nóbrega, IFPB

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Referências

BRUHN, Jørgen. The intermediality of narrative literature: medialities matter. Basingstoke: Palgrave MacMillan, 2016.

CLÜVER, Claus. Da transposição intersemiótica. In: ARBEX, Márcia (org.). Poéticas do visível: ensaios sobre a escrita e a imagem. Belo Horizonte: UFMG, 2006, p. 107-166.

CLÜVER, C. Intermidialidade. PÓS: Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes da EBA/UFMG, v. 1, n. 2, p. 8–23, 2012.

FALCÃO, Adriana. Sonho de uma noite de verão. Rio de Janeiro: Objetiva, 2007.

FURTADO, Jorge. Trabalhos de amor perdidos. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006.

GAUDREAULT, André; MARION, Philippe. Transescritura e midiática narrativa: questões de intermidialidade. In: DINIZ, Thaïs Flores Nogueira (org.). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2012, p. 107-128.

HALLET, Wolfgang. A methodology of intermediality in literary studies. In: RIPPL, Gabriele. (Org.). Handbook of Intermediality: Literature – Image – Sound – Music. Berlin: De Gruyter, 2015, p. 605-618.

HELENA, Lúcia. Uma literatura antropofágica. Fortaleza: Edições UFC/Universidade Federal do Ceará, 1983.

HUTCHEON, Linda. A theory of parody: the teachings of twentieth-century art forms. Urbana and Chicago: Illinois University Press, 2000.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. 2. ed. Trad. André Cechinel. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2013.

LEHTONEN, Mikko. On no man’s land: theses on intermediality. Trad. Aijaleena Ahonen e Kris Clarke. Nordicom Review, v. 22, n. 1, p. 71-83, 2001. DOI: https://doi.org/10.1515/nor-2017-0346.

NEUMANN, Birgit. Intermedial negotiations: postcolonial literatures. In: RIPPL, Gabriele. (Org.). Handbook of Intermediality: Literature – Image – Sound – Music. Berlin: De Gruyter, 2015, p. 512-529.

NITRINI, Sandra. Literatura comparada. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2000.

RAJEWSKY, Irina O. Intermidialidade, intertextualidade e ‘remediação’. In: DINIZ, Thaïs Flores Nogueira (org.). Intermidialidade e estudos interartes. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, p. 15-45.

RIPPL, Gabriele. Film and Media Studies. In: MIDDEKE, Martin; MÜLLER, Timo; WALD, Christina; ZAPF, Hubert. (Eds.). English and American Studies: Theory and Practice. Stuttgart: J. B. Metzler, 2012, p. 314-332.

RIPPL, Gabriele. Introduction. In: RIPPL, Gabriele (org.). Handbook of Intermediality: Literature – Image – Sound – Music. Berlin: De Gruyter, 2015, p. 1-31.

SAMOYAULT, Tiphaine. A intertextualidade. Trad. Sandra Nitrini. São Paulo: Hucitec, 2008.

STAM, Robert. Of cannibals and carnivals. In: STAM, Robert. Subversive pleasures: Bakhtin, cultural criticism, and film. Baltimore: The Johns Hopkins University Press, 1992, p. 122-156.

VERISSIMO, Luis Fernando. A décima segunda noite. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006.

WELLS, Stanley. Introduction. In: SHAKESPEARE, William. A midsummer night’s dream. London: Penguin, 1967.

Downloads

Publicado

2022-08-09