O discurso universitário e sua construção

Maria Cecília Perez de Souza e Silva

Abstract


"0 discurso universitaio aparece como um discurso que instaura (...) uma interlocucio contratual e coercitiva". Essa afirmacao de Bouacha (1984), assim como a de outros autores 1 esti° centradas, de modo geral, no discurso do professor. E o do aluno? E sobre a construcio desse discurso
que you me deter no presente artigo, procurando responder as seguintes perguntas: Como o aluno constrOi seu discurso? Que consciencia ele tern dessa construcio?
Parto do pressuposto de que, antes mesmo que o aluno enuncie seu discurso, urn certo ntimero de restricOes genericas circunscrevem aquilo que ele vai dizer (Maingueneau 1987). Tais restricOes deve-n ser vistas no
quadro de uma abordagem dialOgica do discurso, que parte da compreensio da linguagem como forma de interack social corn o outro, quer sob a forma de urn interlocutor empiric° ou virtual, quer sob a forma de discursos outros que se inscrevem no prOprio discurso; o dialogismo, portanto, passa
a ser uma condi*, constitutiva do sentido (Authier 1982).

Keywords


English Language; English



DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Copyright (c) 1992 Maria Cecília Perez de Souza e Silva

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.