Processos de mudança lingüística em progresso: a saliência vs. não saliência de variantes

F. Tarallo, Maria Eugenia Lamogia Duarte

Abstract


Na questão da mudanga lingüística em progresso,ou
segundo outros - "em curso", talvez esteja uma das
mais significativas contribuições da sociolingüística
laboviana ao pensamento lingüístico contemporâneo. De
fato, argumentando severamente contra os pressupostos
bloomfieldianos (1933) sobre a regularidade da mudança
fonológica e, em particular, sobre a impossibilidade de
se observar seu processo em progresso, Labov tem repetidamente evidenciado o oposto: de um lado, a insustentação da concepção neo-gramática com o advento da
perspectiva lexicaldifusionista (Labov,1981) 1 ; de outro,
a quantificação da própria mudanga em "transito"
(Labov, Yaeger and Steiner, 1972).

Keywords


English Language; English



DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Copyright (c) 1988 F. Tarallo, Maria Eugenia Lamogia Duarte

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.