A educação bibliotecária catarinense: causas de seus pontos fracos, entre 1973 e 1993

Francisco das Chagas de Souza

Resumo


Relata os resultados de uma das etapas de pesquisa realizada no Departamento de Ciência da Informação da UFSC, cobrindo o período de 1973 a 1993, dentro da linha de investigação "Informação e Sociedade". O objetivo buscado é conhecer quais fatores contribuíram para que os dois cursos universitários de Biblioteconomia existentes em Santa Catarina tivessem fragilidades na relação entre suas atividades de ensino, pesquisa e extensão e a produção bibliográfica gerada pelos profissionais atuantes no Estado. Além de uma breve revisão de textos sobre as temáticas trabalho e educação, o artigo informa sobre os procedimentos adotados na pesquisa e, por fim, expõe algumas explicações encontradas para os pontos fracos.

Palavras-chave


Biblioteconomia - Santa Catarina; Ensino de Biblioteconomia; Formação de bibliotecários; Library Science - Santa Catarina; Education for Library professions

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2000v5n9p29



Direitos autorais 2000 Francisco das Chagas de Souza

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)