Modelo de avaliação de valor e mérito de estoques de informação de bibliotecas universitárias

Autores

  • Delsi Fries Davok Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação - PPGInfo
  • Renata Ivone Garcia Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2014v19n39p19

Palavras-chave:

Avaliação de estoques de informação, Avaliação de bibliotecas universitárias, Avaliação de acervos, Modelo AVMEI

Resumo

Apresenta Modelo de Avaliação de Valor e Méritode Estoques de Informação (AVMEI), baseado em indicadores estabelecidos nanorma ISO 11.620 e em padrões de qualidade para acervos de bibliotecasuniversitárias recomendados no Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação,do INEP. A operacionalização do AVMEI é exemplificada por meio da avaliação de acervodestinado ao Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria do IF-SC. Os resultados indicamque tal acervo apresenta mérito, contudo, não exibe valor, porque osindicadores não revelaram a qualidade expressa nos padrões estabelecidos. O modeloé flexível, podendo ser adequado para avaliar acervos de outros tipos debibliotecas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Delsi Fries Davok, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação - PPGInfo

Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006); mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000); e graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985). Atualmente é professora do Departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação (DBI), e Coordenadora de Avaliação Institucional da Universidade do Estado de Santa Catarina. Atua nas áreas de Biblioteconomia, Administração e Gestão da Informação, com ênfase em Gestão de Unidades de Informação, e foco nos seguintes temas: Teorias Administrativas, Planejamento e Administração de Unidades de Informação, Análise Organizacional, Gestão de Estoques Informacionais, Avaliação de Serviços e Unidades de Informação, Avaliação da Educação Superior e Avaliação Institucional.

Renata Ivone Garcia, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Bibliotecária, formada pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2012).

Referências

ALMEIDA, Maria C. Barbosa de. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2 ed. rev. e ampl. Brasília: Briquet de Lemos, 2005.

COUTINHO, Kênia Raupp. Avaliação de acervos bibliográficos de bibliotecas universitárias: pesquisa avaliativa na biblioteca do IF-SC, campus Florianópolis/Continente. 2010. 79 f. Monografia (especialização) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciência Humanas e da Educação, Especialização em Gestão de Unidades de Informação, Florianópolis, 2010.

DAVOK, Delsi Fries. Modelo de meta-avaliação de processos de avaliação da qualidade de cursos de graduação. 2006. 272 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, UFSC, Florianópolis.

FREITAS, André L. P.; BOLSANELLO, Franz M. C.; VIANA, Nathália R. N. G. Avaliação da qualidade de serviços de uma biblioteca universitária: um estudo de caso utilizando o modelo Servqual. Ci. Inf., Brasília, v. 37, n. 3, p. 88-102, set./dez. 2008. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/ci/v37n3/v37n3a07.pdf>. Acesso em: 01 abr. 2012.

GÓIS, Maria Josineide Silva. Mensuração de desempenho nas organizações: a gestão de indicadores na biblioteca de Ciências Humanas da UFC. 2009. 135 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza, 2009.

INEP. Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação: presencial e a distância. Brasília, DF: INEP, 2012. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-condicoesdeensino-manuais>. Acesso em: 24 out. 2012.

ISO. ISO 11620: information and documentation: library performance Indicators. 2 ed. Genèva: ISO, 2008.

LANCASTER, F.W. Avaliação de serviços de bibliotecas. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1996.

LUBISCO, Nídia M. L. A biblioteca universitária brasileira: um modelo para avaliar seu desempenho. Ponto de Acesso, Salvador, v. 2, n. 1, p. 153-199, jun. 2008. Disponível em: <http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/2671>. Acesso em: 16 set. 2012.

MIRANDA, Ana Cláudia Carvalho. Formação e desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v. 17, n. 1, p. 87-94, jan./abr. 2007. Disponível em: . Acesso em: 01 mar. 2012.

OLIVEIRA, Joelma Gualberto de. Processo de avaliação do INEP/MEC de bibliotecas universitárias pertencentes às instituições de educação superior privadas de Belo Horizonte/MG. 2010. 281 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Belo Horizonte, 2010.

REIS, Lisianne de Cássia Martins dos. Modelo de avaliação de estoques informacionais de bibliotecas universitárias. 2007. 125 f. Monografia (graduação) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Curso de Biblioteconomia, Florianópolis, 2007.

SCRIVEN, M. Evaluation thesaurus. 4.ed. Newbury Park, CA: Sage, 1991.

WRIGHT, Peter L.; KROLL, Mark J; PARNELL, John. Administração estratégica: conceitos. São Paulo: Atlas, 2000.

Downloads

Publicado

2014-04-21

Como Citar

DAVOK, Delsi Fries; GARCIA, Renata Ivone. Modelo de avaliação de valor e mérito de estoques de informação de bibliotecas universitárias. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 19, n. 39, p. 19–42, 2014. DOI: 10.5007/1518-2924.2014v19n39p19. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n39p19. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.