O Profissional da Informação na Era do Big Data

Caio Saraiva Coneglian, Paula Regina Ventura Amorim Gonçalez, José Eduardo Santarém Segundo

Resumo


Os profissionais da informação são desafiados a trabalhar com a rapidez imposta tanto pela geração de informação e de dados, quanto pela variedade de fontes em que elas se encontram, assim, sua atuação se apresenta como fundamental ao buscar a sinergia entre as necessidades de gestores e a expertise dos profissionais da computação.  Nesse cenário o objetivo deste trabalho é identificar e discutir a intersecção entre as funções executadas pelos administradores (gestores), cientistas da computação e dos profissionais da informação em ambientes de Big Data Analytics. A metodologia utilizada é de caráter qualitativo, sendo a pesquisa exploratória, visto que, partiu dos estudos da Ciência da Informação, do Profissional da Informação e do Big Data, para estabelecer um elo entre tais conceitos. Como resultado demonstra-se e descreve-se a atuação do profissional da informação em todas as fases da análise dos dados. Verificou-se uma intersecção entre a proposta de relacionamento entre os atores “Administrador”, “Profissional da Informação” e “Profissional da Computação”, com o chamado cientista de dados, em que devido a diferentes competências exigidas do cientista, conclui-se que tanto o profissional da informação quanto o profissional da computação podem se especializar nesta área, atuando em campos diferentes, mas complementares, fornecerão informações em cenários de Big Data auxiliando a tomada de decisões e agregando valores para as organizações.


Palavras-chave


Profissional da informação; Cientista de dados; Big data; Big data analytics

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABELS, E. et al. Competencies for Information Professionals of the 21st Century. Special Libraries Association. 2003. Disponível em: . Acesso em: 24 mar. 2017

ALVARENGA, L. et al. Representação do conhecimento na perspectiva da ciência da informação em tempo e espaço digitais. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 8, n. 15, p. 18-40, 2003. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017.

BARBALHO, C. R. S.; ROZADOS, H. B. F. Competências do profissional bibliotecário brasileiro: o olhar do Sistema CFB/CRBs. In: 2013.Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, IX. Anais... 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017

BORKO, H. Information science: what is it? American documentation 19.1, 3-5, 1968.

BUCKLAND, M. K. Information as thimk. Jounal of the Americam Society for Information Scince. Nova York, v.45, n.5, p. 351-360, 1991

BUGEMBE, M. Finding Value in Data: Determining Where Data Science has The Greatest Impact. O’Reilly: Sebastopol, 2016.

DAVENPORT, T. H.; PATIL, D. J. Data scientist. Harvard business review, v. 90, p. 70-76, 2012.

FARIA, S. et al. Competências do professional da informação: uma reflexão a partir da Classificação Brasileira de ocupações. Ciência da Informação, Brasília, v.34, n.2, p. 26-33, maio/ago. 2005.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS. Riding the Waves or Caught in the Ride? Navigating the Evolving Information Environment. 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017

KAKHANI, M. K.; KAKHANI, S.; BIRADAR, S. R. Research Issues in Big Data Analytics. International Journal of Application or Innovation in Engineering & Management, Etmadpur, v. 2, n. 8, Aug. 2013. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017.

KATAL, A.; WAZID, M.; GOUDAR, R. H. Big data: issues, challenges, tools and good practices. In: IEEE Contemporary Computing (IC3), 6., 2013. Procceding… IEEE, 2013. p. 404-409. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2017.

LE COADIC, Y. F. A Ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos Livros, 1996 (Tradução do original de 1994).

MAYER-SCHÖNBERGER, V; CUKIER, K. Big data: A revolution that will transform how we live, work, and think. Boston: Houghton Mifflin Harcourt, 2013.

MARCONDES, C. H. Representação e economia da informação. Ciência da Informação, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 61-70, jan./abr. 2001.

MCAFEE, A.; BRYNJOLFSSON, E.. Big Data: the management revolution. Harvard Business Review, Brighton, v. 90, n. 10, p. 61-67, oct. 2012. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017.

PONJUÁN DANTE, G. Perfil del profesional de información del nuevo milenio. In: VALENTIN, M. L. P. (Org.). O profissional da informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000. P. 91-105.

REZENDE, Y. Informação para negócios: os novos agentes do conhecimento e a gestão do capital intelectual. Ciência da Informação, Brasília, v.31, n. 2, p. 120-128, maio/ago. 2002.

RIBEIRO, C. J. S. Big Data: os novos desafios para o profissional da informação. Informação & Tecnologia, v. 1, n. 1, p. 96-105, 2014.

ROSENFELD, L. Information architecture: looking ahead. Journal of the American Society for Information Science and technology, 53 (10) 874-87, 2002.

RUSSOM, P. Big data analytics. TDWI Best Practices Report, Fourth Quarter, p. 1-35, 2011.

SAGIROGLU, S; SINANC, D. Big data: A review. In: Collaboration Technologies and Systems (CTS), 2013 International Conference on. IEEE, 2013. p. 42-47. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2017.

SANTOS, P. L. V. C. As tecnologias na formação do profissional da informação. In: Valentin, M. l. P. (Org.). Profissionais da informação: formação, perfil e atuação profissional. São Paulo: Polis, 2000, p 103 -116.

SANTOS, P. L. V. A. C. As novas tecnologias na formação do profissional da informação. In: Valentin, M.L (Org.). Formação do Profissional da Informação. São Paulo: Polis 2002. P.103-116.

SANTOS, P. L. A. C.; VIDOTTI, S. A. B. G. Perspectivismo e tecnologias de informação e comunicação: acréscimos à Ciência da Informação. DataGramaZero: revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 10, n. 3, 2009.

SARACEVIC, T. Interdisciplinary nature of information science. Ciência da Informação. vol. 24, n. 1, 1995. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2017.

TAURION, C. Big data. Rio de Janeiro: Brasport, 2013.

VALENTIM, M. L. P. Equipes multidisciplinares na gestão da informação e conhecimento. In. BAPTISTA, S. G.; MULLER, S. P. M. (Orgs.) Profissional da informação: o espaço de trabalho. Brasília: Thesaurus, 2004. Cap. 7, p. 154-176.

VAN DER AALST, W. M. P. Data scientist: The engineer of the future. In:Enterprise Interoperability VI. Springer International Publishing, 2014. p. 13-26.

ZIKOPOULOS, P. et al. Understanding big data: Analytics for enterprise class hadoop and streaming data. New York: McGraw-Hill, 2011. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2016.




DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2017v22n50p128



Direitos autorais 2017 Caio Saraiva Coneglian; Paula Regina Ventura Amorim Gonçalez; José Eduardo Santarém Segundo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)