A representação descritiva nas perspectivas do século XXI um estudo evolutivo dos modelos conceituais

Elisângela Cristina Aganette, Livia Marangon Duffles Teixeira, Karina de Jesus Pinto Aganette

Resumo


A representação descritiva, ou catalogação, é vista como um processo de decisão multidimensional que estrutura e padroniza os diferentes aspectos de um item informacional, tornando-o único e passível de recuperação e uso. O presente artigo cujo objetivo principal consiste em analisar alguns modelos conceituais e sua evolução no que tange à representação da informação enfatiza o estudo da representação descritiva. Apresenta ainda suas características ao lidar com propostas e tendências atuais do século XXI, evidenciando a importância de cada modelo conceitual e suas possibilidades da integração em ambientes virtuais. Busca-se levantar e analisar os principais modelos conceituais utilizados pela Biblioteconomia e Ciência da Informação. Os resultados obtidos permitirão uma visão ampla a respeito da evolução dos modelos conceituais e uma compreensão da representação descritiva no atual contexto das tecnologias em rede, que se apresenta ágil, simples e constantemente atualizável.  Outras contribuições podem ser identificadas, como melhorar o entendimento da área de representação descritiva, suas relações e modelos além de fornecer subsídios para auxiliar o Cientista da Informação na representação da realidade.

Palavras-chave


Representação descritiva; Catalogação; Modelos conceituais

Texto completo:

PDF/A

Referências


GUINCHAT, C.; MENOU, M. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação. Brasília: IBICT, 1994.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS AND INSTITUTIONS. Study Group on the Functional Requirements for Bibliographic Records. Functional requirements for bibliographic records: final report. 2009. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2016.

LANCASTER, F. W. A prática da indexação. In: Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004. Cap. 3, p. 20-41

LÉVY, Pierre. Desenvolvimento humano e unidade das ciências. In: Universo do conhecimento: Planeta terra: um olhar transdisciplinar. 2005, São Paulo. Palestra, Universidade São Marcos.

LOURENÇO, C. de A. L. Modelagem de dados como ferramenta de análise de padrões de metadados em bibliotecas digitais: o padrão de metadados brasileiro para teses e dissertações segundo o modelo entidade-relacionamento. 2005. 161 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

MACULAN, B. C. Representação descritiva: perspectivas no Sec. XXI. Belo Horizonte: PPGCI-ECI/UFMG, 2013. Material Didático, não publicado.

MARCONDES, C. H. Representação e economia da informação. Ciência da informação, Brasília, v. 30, n. I, p. 61-70, 2001. Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2016.

MEY, E. S. A. Introdução à catalogação. Brasilia: Briquet de Lemos/Livros, 1995.

MEY, E. S. A., e SILVEIRA, N. C. (2010). Considerações teóricas aligeiradas sobre a catalogação e sua aplicação. InCID: Revista Ciência da Informação e Documentação, 1(1), 125-137.

MEY. E. S. A. Catalogação e descrição bibliográfica: contribuições a uma teoria. Brasília: ABDF, 1987.

MEY, Eliane Serrão Alves. Algumas questões sobre o ensino da representação descritiva, ou a catalogação na berlinda. 2005. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2016.

MICHAUD, Claude. Modelos e conhecimento In TARAPANOFF (org.). Inteligência, informação e conhecimento. Brasília: IBICT, 2006. pp. 211-239.

FERREIRA, V. A.; SILVA, M. R. Inquietações sobre o ensino de catalogação. In: IX EIC - ENCONTRO INTERNACIONAL DE CATALOGADORES, 2013, Rio de Janeiro. Anais... . Rio de Janeiro: -, 2013. p. 1 - 16. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2016.

TAYLOR C. An Introduction to Metadata. 1999. Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5007/%25x



Direitos autorais 2017 Elisângela Cristina Aganette; Livia Marangon Duffles Teixeira; Karina de Jesus Pinto Aganette

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)