Memória organizacional em apoio às decisões em uma empresa do setor tecnológico

Autores

  • Jessica Tavares Universidade Federal do Paraná
  • Newton de Castilho Junior Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23nespp50

Palavras-chave:

Memória organizacional, Recuperação da informação, Inteligência organizacional, Suporte à decisão

Resumo

Aborda a memória organizacional, como processo da Inteligência Organizacional, de modo a identificar como essa pode otimizar a tomada de decisão. O enfoque informacional é o de recuperação da informação vinculada aos processos, instruções de trabalho, ferramentas e técnicas da organização. A pesquisa busca responder se a empresa possui memória organizacional, com foco na recuperação da informação, de forma a otimizar o processo de tomada de decisão. A pesquisa, caracterizada como qualitativa e descritiva, com suporte da literatura sobre o tema, foi aplicada a uma empresa do setor tecnológico. O resultado apontou que a empresa tem políticas que visam dar suporte à incorporação dos processos e a melhorias contínuas ao usar experiências que permitem incrementar o acervo de informações e conhecimentos da organização. Contudo, possuí deficiências quanto à recuperação da informação, impactando negativamente o processo de tomada de decisão. O estudo propõe atenção às deficiências na recuperação de ativos de informação registrados na memória, em um contexto de inteligência organizacional.

Referências

ABREU, J. C. A. A Democracia Digital e a Sociedade da Informação Sob Enfoque Gramsciano. In: Encontro de Administração da Informação, 2009. Recife. Anais... Recife: ENADI /ANPAD. 2009.

BASTOS, E. M. C. F. M. Políticas de Informação como fundamento para uma arquitetura de informação da Câmara dos Deputados: a análise do caso da política de indexação. 2013. Dissertação (Especialização do curso de. Arquitetura e Organização da Informação) – Escola de Ciência da Informação, UFMG, Minas Gerais, 2013.

CHOO, C. W. Aprendizado como inteligência organizacional. In: TARAPANOFF, Kira. Aprendizado organizacional. Curitiba: Ibpex, 2011.

COUTINHO, C. Sociedade da Informação, do conhecimento e da aprendizagem: desafios para a educação no século XXI. Revista de Educação, Vol. XVIII, nº 1, p. 5-22, 2011. Disponível em: <https://repositorium.sdum.uminho.pt>. Acesso em: 10 jan. 2017.

FLICK, U. Desenho da pesquisa qualitativa. Coleção Pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman Editora, 2009.

FREIRE, P. de S. et al. Memória organizacional e seu papel na gestão do conhecimento. Revista de Ciências da Administração, v. 14, n.33, p. 41-51, ago 2012. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/adm/article/view/2175-8077.2012v14n33p41>. Acesso em: 10 jan. 2017.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. - São Paulo: Atlas, 2008.

GLYNN, M. A. Innovative genius: A framework for relating individual and organizational

intelligences to innovation. Academy of Management Review, v.21, n.4, p. 1081-1111, 1996.

MANUAL da Qualidade. Base disponível na organização estudada. 2016.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à Administração. São Paulo: Atlas, 2009.

MENEZES, E. M. Estruturação da memória organizacional de uma instituição em iminência de evasão de especialistas: um estudo de caso da Conab. 2006. 128 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação, Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.

MOLINA, L. G; VALENTIN, M. L. P. Memória organizacional, memória corporativa e memória institucional: discussões conceituais e terminológicas. Revista EDICIC, v.1, n.1, p.262-276, Ene./Mar. 2011. Disponível em: <http://www.edicic.org/revista/>. Acesso em: 10 jan. 2017.

MÜLLER, R.; de CASTILHO JUNIOR, N. C. Inteligência organizacional como ferramenta de gestão: um referencial teórico integrado. Revista Expectativa, Toledo, v.11, n.11, p.83-102, jan/dez 2012.

PRÉVE, A. D.; DE OLIVEIRA MORITZ, G.; PEREIRA, M. F. Organização, processos e tomada de decisão. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, 2010.

TARAPANOFF, K. Inteligência, informação e conhecimento em corporações. Brasília: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), 2006.

TEAM, SEI CMMI Production. CMMI for Development v1. 3. CMMI® Institute LLC, 2010.

TELLES, T. KARAWEJCZYK, C. K; BORGES, M. L. Memória organizacional: construção conceitual numa abordagem teórico-metodológica. VIII ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS DA ANPAD. Anais... Gramado, 2014.

WALSH, J. P.; UNGSON, G. R. Organizational memory. Academy of Management Review, v.16, n.1, p. 57-91, 1991.

Downloads

Publicado

2018-06-20

Como Citar

Tavares, J., & de Castilho Junior, N. (2018). Memória organizacional em apoio às decisões em uma empresa do setor tecnológico. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 50-59. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2018v23nespp50