Contribuições das bibliotecas públicas para o desenvolvimento de cidades inteligentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e82627

Palavras-chave:

Cidade inteligente, Biblioteca pública, Inovação, Tecnologia

Resumo

Objetivo: A perspectiva de desenvolvimento de cidades inteligentes (smart cities) é uma tendência para a Administração Pública brasileira. Trata-se de um modelo de gestão tecnológico, interconectado e eficiente que supre a urgência de indicadores e estratégias para um planejamento inovador e sustentável. O conceito parte da utilização de tecnologias de informação e comunicação (TIC), mas evolui progressivamente até uma visão holística do sistema urbano, considerando suas dimensões: tecnologia (infraestrutura), pessoas (educação) e instituições (governança). Este artigo tem como objetivo analisar o potencial de atuação das bibliotecas públicas para o desenvolvimento de cidades inteligentes a fim de contribuir para uma visão mais ampla, necessária e humana do modelo de cidades inteligentes.

Método: A pesquisa caracteriza-se como bibliográfica e documental, de caráter exploratório. Para atingir o objetivo do artigo foi realizada uma revisão de literatura com posterior análise de conteúdo como técnica de tratamento dos dados qualitativos obtidos, o que permitiu inferir as contribuições das bibliotecas públicas no contexto em estudo.

Resultado: A recuperação de apenas um trabalho brasileiro que discute a relação entre bibliotecas e cidades inteligentes demonstra essa lacuna na literatura nacional de Biblioteconomia e Ciência da Informação. A partir da análise de conteúdo realizada nos 53 trabalhos recuperados, foram identificadas as seguintes contribuições das bibliotecas públicas para o desenvolvimento de cidades inteligentes: disponibilização de internet, promoção de competência informacional e midiática, fomento e incentivo à inovação, acesso e disseminação de informação utilitária.

Conclusões: Conclui-se que, no contexto das cidades inteligentes, a biblioteca pública tem potencial para ser um equipamento público que viabiliza a participação cidadã e o desenvolvimento comunitário.

 

Referências

ABDALA, Lucas N.; SCHREINER, Tatiana; COSTA, Eduardo M.; SANTOS, Neri. Como as cidades inteligentes contribuem para o desenvolvimento de cidades sustentáveis: uma revisão sistemática de literatura. International Journal of Knowledge Engineering and Management, v. 3, n. 5, p. 98-120, 2014.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de lei no 976/2021. Institui a Política Nacional de Cidades Inteligentes (PNCI). Brasília, 2021.

CERIGATTO, Mariana P. Diálogos possíveis entre competência informacional e midiática: revisão da literatura e posicionamento de instituições da área. 2018. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2018.

CUEVAS-CERVERO, Aurora; MARQUES, Márcia; PAIXÃO, Pablo B. S. A alfabetização que necessitamos: informação e comunicação para cidadania. Inf. & Soc., João Pessoa, v. 24, n. 2, p. 35-48, maio/ago. 2014.

DESOUZA, Kevin C.; FLANERY, Trevor H. Designing, planning, and managing resilient cities: a conceptual framework. Cities, v. 35, p. 89-99, dec. 2013.

DRESEL, Robin; HENKEL, Maria; SCHEIBE, Katrin; ZIMMER, Franziska. A nationwide library system and its place in knowledge society and smart nation: the case of Singapore. Libri, v. 70, n. 1, 2020.

FINO-GARZÓN, Diego M. Catálogo para a inovação em bibliotecas públicas. Bogotá: CERLALC, 2019.

GIFFINGER, Rudolf; FERTNER, Christian; KRAMAR, Hans; KALASEK, Robert; PICHLER-MILANOVIC, Natasa; MEIJERS, Evert. City-ranking of european medium-sized cities. Vienna: Centre of Regional Science, 2007.

GOODMAN, Ellen P. Smart cities meet anchor institutions: the case of broadband and the public library. Fordham Urban Law Journal, v. XLI, 2014.

INFOCOMM MEDIA DEVELOPMENT AUTHORITY. MakeIT at libraries. S.d. Disponível em: https://codesg.imda.gov.sg/in-community/makeit-at-libraries/. Acesso em: 29 mar. 2021.

JULIANI, Jordan P.; VIEIRA, Diego C.; MEDEIROS, Deborah; JULIANI, Douglas P. Design thinking como estratégia de inovação em bibliotecas. Inf&Inf, Londrina, v. 21, n. 3, p. 101-123, set./dez. 2016.

LEMOS, André. Cidades inteligentes. GV Executivo, v. 12, n. 2, p. 46-49, jul./dez. 2013.

MACHADO, Elisa C.; ELIAS JUNIOR, Alberto C.; ACHILLES, Daniele. A biblioteca pública no espaço público: estratégias de mobilização cultural e atuação sócio-política do bibliotecário. Perspectivas Ci. Inf., v. 14, núm. esp., p. 115-127, out. /dez. 2014.

MAINKA, Agnes; CASTELNOVO, Walter; MIETTINEN, Virve; BECH-PETERSEN, Sidsel; HARTMANN, Sarah; STOCK, Wolfgang G. Open innovation in smart cities: civic participation and co-creation of public services. In: ASIST 2016, 14-18 oct. 2016. Copenhagen. Proceedings… 2016.

MARCIAL, Viviana F. Inovação em bibliotecas. In: RIBEIRO, Ana Carolina M. L.; FERREIRA, Pedro C. G. (orgs.). Biblioteca do século XXI: desafios e perspectivas. Brasília: Ipea, 2017.

MERSAND, Shannon; GASCÓ, Mila; GIL-GARCIA, J. Ramon; BURKE, G. Brian. The role of public libraries in smart, inclusive, and connected communities: current and best practices. In: ACM INTERNATIONAL CONFERENCE ON DIGITAL GOVERNMENT RESEARCH, 19., 2018. Proceedings… New York: ACM, 2018.

MONTEIRO, Adenilson J. B.; FERREIRA, Felipe S. Aplicativos inteligentes, cidades inteligentes. Fonte, v. 12, n. 15, p. 73-77, dez. 2015.

MOYSES, Manoela F.; MONT'ALVÃO, Cláudia R.; ZATTAR, Mariana. A biblioteca pública como ambiente de aprendizagem: casos de makerspaces, learning commons e co-working. Conhecimento em Ação, Rio de Janeiro, v. 4, n. 2, jul./dez. 2019.

MULLER, Pedro A. Desenvolvimento regional: na perspectiva da cidade inteligente. Ciênc. Conhecimento, Passo Fundo, v. 9, n. 2, 2015, p. 79-92.

PALETTA, Francisco C.; VASCONCELOS, Paula O.; GONÇALVES, Ygot S. A biblioteca no contexto das cidades inteligentes. Pesq. Bras. em Ci. da Inf. e Bib., João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 1-18, 2015.

SCHÖPFEL, Joachim. Smart libraries. Infrastructures, v. 3, n. 4, 2018.

SINGAPORE. Ministry of Communications and Information. Libraries – Overviews. MCI Libraries, S.d.a. Disponível em: https://www.mci.gov.sg/portfolios/libraries/overview/introduction/public-libraries. Acesso em: 18 mar. 2021.

SINGAPORE. Ministry of Communications and Information. Discover about the National Library’s learning & information literacy resources. National Library Board – S.U.R.E., S.d.b. Disponível em: https://sure.nlb.gov.sg/. Acesso em: 18 mar. 2021.

SINGAPORE. Ministry of Communications and Information. What’s new. National Library Board. S.d.c. Disponível em: https://www.nlb.gov.sg/. Acesso em: 18 mar. 2021.

SINGAPORE. Ministry of Communications and Information. [Feature] MOLLY brings the joy of reading to different communities. MCI Pressroom, 17 nov. 2016. Disponível em: https://www.mci.gov.sg/pressroom/news-and-stories/stories/2016/11/molly-brings-the-joy-of-reading-to-different-communities. Acesso em: 18 mar. 2021.

SINGAPORE MEMORY PROJECT. Disponível em: https://www.singaporememory.sg/. Acesso em: 18 mar. 2021.

SOTO, Arley; SUESCÚN, Sandra. Servicios innovadores en las bibliotecas públicas de Colombia: resultados de un estudio Delphi. El profesional de la información, v. 24, n. 6, p. 778-786, 2015.

STRAPAZZON, Carlos L. Convergência tecnológica nas políticas urbanas: pequenas e médias cidades inteligentes. Revista Jurídica, v. 22, n. 6, p. 89-108, 2009.

URBAN SYSTEMS. Ranking Connected Smart Cities: edição 2020. [S.l.]: Urban Systems, 2020.

WASHBURN, Doug; SINDHU, Usman; BALAOURAS, Stephanie; DINES, Rachel A.; HAYES, Nicholas M.; NELSON, Lauren E. Helping CIOs understand “smart city” initiatives: defining the smart city, its drivers, and the role of the CIO. Cambridge: Forrester, 2010.

YLIPULLI, Johanna; LUUSUA, Aale. Without libraries what have we?: Public libraries as nodes for technological empowerment in the era of smart cities, AI and big data. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMMUNITIES & TECHNOLOGIES, 9., jun. 2019, Vienna, Austria. Proceedings… 2019.

Downloads

Publicado

2021-11-19

Como Citar

Cianconi, R. de B. ., & Almeida, C. C. de . (2021). Contribuições das bibliotecas públicas para o desenvolvimento de cidades inteligentes. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 26, 1-22. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e82627