Princípios FAIR, Encontrabilidade e Dados: por um diálogo teórico e uma aplicação prática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2023.e88060

Palavras-chave:

Princípios FAIR, Encontrabilidade, Dados, Uso e Reuso de Dados

Resumo

Objetivo: Utiliza a ensaística para atingir o objetivo de investigar a relação existente entre os Princípios FAIR e a encontrabilidade, levando em consideração os estudos de maximização do uso e reúso dos dados científicos através dos Princípios FAIR.

Método: configura-se como uma abordagem qualitativa, de natureza pura. Quanto ao objetivo, é exploratória.

Resultado: resulta na compreensão de que os estudos dos princípios FAIR e de encontrabilidade podem dialogar como meios complementares de gestão de dados; os estudos em encontrabilidade podem ampliar os princípios FAIR mediante o direcionamento ao sujeito, ator no processo de encontrabilidade de dados. Ainda apresenta a ferramenta FairDataBr+ que avalia conjunto de dados ampliando o padrão FAIR com questões de encontrabilidade.

Conclusões: conclui que as pesquisas que relacionam esses estudos são ainda incipientes, o que, dessa forma, possibilitam amplas possibilidades de investigação no campo da Ciência da Informação, ao passo que a gestão adequada de conjuntos de dados, dos dados propriamente ditos e dos metadados, através dos princípios FAIR e encontrabilidade, contribui para a otimização dos serviços de informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arthur Ferreira Campos, Federal University of Rio Grande do Norte

Doutorando em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Especialista em Tecnologias Digitais e Inovação na Educação pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL-SP). Bacharel em Biblioteconomia (UFRN). Graduando em Arquivologia (UFPB). Professor do Magistério Superior - Substituto no Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (DECIN/UFRN).

Guilherme Ataíde Dias, Federal University of Paraíba

Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB Campus II (1990), Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPE (2010), Mestre em Organization & Management pela Central Connecticut State University - CCSU (1995), Doutor em Ciência da Informação (Ciências da Comunicação) pela Universidade de São Paulo - USP (2003) e Pós-Doutor pela UNESP (2011). Atualmente é professor Associado III na Universidade Federal da Paraíba, lotado no Departamento de Ciência da Informação. Está envolvido com a Pós-Graduação através do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e Programa de Pós-Graduação em Administração, ambos da UFPB .

Marckson Roberto Ferreira de Sousa, Federal University of Paraíba

Doutor em Engenharia Elétrica na área de Processamento da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com pesquisa em Interfaces Humano-Computador. Mestrado em Engenharia Elétrica na área de Processamento da Energia pela Universidade Federal da Paraíba. Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba. Bacharel em Direito pelo Instituto de Educação Superior da Paraíba. Professor Associado do Departamento de Ciência da Informação da UFPB. Docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFPB e do Programa de Pós-graduação em Gestão nas Organizações Aprendentes.

Referências

ALVES, Isidoro M. A ensaística e o trabalho científico. Logos, v. 7, n. 2, p. 14-17, 2000. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article/view/14792. Acesso em: 10 nov. 2022.

CAMPEROS-REYES, Jacquelin Teresa et al. Encontrabilidad de la información en sites que promueven Datos Abiertos. Palabra Clave, La Plata, v. 10, n. 1, p. e109-e109, 2020. Disponível em: https://www.palabraclave.fahce.unlp.edu.ar/article/view/PCe109. Acesso em: 12 maio 2022.

CAMPOS, Arthur Ferreira; VECHIATO, Fernando Luiz. Construto para o conceito de wayfinding na Ciência da Informação. Informação & Informação, Londrina, v. 25, n. 4, p. 549-573, 2020. Disponível em: https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/39538. Acesso em: 19 abr. 2022.

CAMPOS, Arthur Ferreira; SOUSA, Marckson Roberto Ferreira de; OLIVEIRA, Henry Poncio Cruz de. Encontrabilidade da Informação e Arquitetura da Informação: possíveis relações teóricas. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 26, p. 01-19, 2021. DOI: 10.5007/1518-2924.2021.e77624. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/77624. Acesso em: 08 abr. 2022.

EUROPEAN COMMISSION. Turning FAIR into reality: Final Report and Action Plan on FAIR Data. Luxembourg: Publications Office of the European Union, 2018. Disponível em: https://ec.europa.eu/info/sites/default/files/turning_fair_into_reality_1.pdf. Acesso em: 12 abr. 2022.

FAIRDATABR+. FairDataBr: uma ferramenta para a avaliação de conjuntos de dados. Disponível em: https://wrco.ufpb.br/fair/fair+.html. Acesso em: 12 maio 2022.

FONSECA, Diego Leonardo de Souza; MONTEIRO, Edvaldo Wellington. Encontrabilidade da informação e os princípios FAIR: meios alternativos de gestão de dados abertos. Ciência da Informação, Brasília, v. 48, n. 3, 2019. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4971. Acesso em: 19 abr. 2022.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

HENNING, Patrícia Corrêa. et al. GO FAIR e os princípios FAIR: o que representam para a expansão dos dados de pesquisa no âmbito da Ciência Aberta. Em Questão, Porto Alegrev. 25, n. 2, p. 389-412, 2019. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/84753. Acesso em: 19 abr. 2022.

LANDSHOFF, Renate. Findability: elementos essenciais para as formas de encontro da informação em bibliotecas digitais. 2011. 127 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologias da Inteligência e Design Digital) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18089. Acesso em: 07 abr. 2022.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.17, n.3, 2012, p. 621-626. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/39YW8sMQhNzG5NmpGBtNMFf/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 19 abr. 2022.

MONTEIRO, Elizabete Cristina de Souza de Aguiar.; SANT’ANA, Ricardo Cesar Gonçalves. Repositórios de Dados Científicos na Infraestrutura de Pesquisa: adoção dos princípios FAIR. In: Ciência da Informação, Brasília, v. 48, n. 3, 2019: Suplemento: Trabalhos apresentados na 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta-ConfOA. 2018. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4878. Acesso em: 19 abr. 2022.

MOREIRA, Fábio Mosso et al. Construção colaborativa de representações para a disseminação de dados agrícolas: Um estudo do Portal CoDAF. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 23, n. 52, p. 61-72, 2018. Disponível em: https://www.redalyc.org/journal/147/14762411005/14762411005.pdf. Acesso em: 12 abr. 2022.

MORVILLE, Peter. Ambient Findability. Sebastopol: O'Reilly Media, 2005.

RODRIGUES, William Costa et al. Metodologia científica. Faetec/IST. Paracambi, p. 2-20, 2007.

SALES, Luana Farias; SAYÃO, Luís Fernando. A grande aa pequena Ciência: análise das diferenças na gestão de dados de pesquisa. Informação & Sociedade, João Pessoa, v. 29, n. 3, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/47615. Acesso em: 19 abr. 2022.

SANCHEZ, Fernanda Alves; VECHIATO, Fernando Luiz. Avaliação de repositórios de dados de pesquisa segundo critérios da Encontrabilidade da Informação. Liinc em Revista, Brasília, v. 15, n. 2, 2019. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4774. Acesso em: 12 abr. 2022.

SANT’ANA, Ricardo Cesar Gonçalvez. Campo informacional resultante da interação de ciclos de vida dos dados. In: DIAS, G. A.; OLIVEIRA, B. M. J. F. de. Dados científicos: perspectivas e desafios. João Pessoa: Editora UFPB, 2019. Capítulo 1, p. 13–31.

STALL, Shelley. et al. Make scientific data FAIR. Revista Nature, California, n. 570, p. 27–29, 2019. Disponível em: https://www.nature.com/articles/d41586-019-01720-7. Acesso em: 19 abr. 2022.

VECHIATO, Fernando Luiz. Encontrabilidade da informação: contributo para uma conceituação no campo da Ciência da Informação. 2013. 206 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/103365. Acesso em: 07 abr. 2022.

VECHIATO, Fernando Luiz; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregório. Encontrabilidade da informação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014. (Coleção PROPG Digital UNESP). Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/126218/ISBN9788579835865.pdf?se. Acesso em: 19 abr. 2022.

WILKINSON, Mark et al. The FAIR Guiding Principles for scientific data management and stewardship. Revista Nature, California, v. 3, n. 1, p. 1-9, 2016. Disponível em: https://www.nature.com/articles/sdata201618. Acesso em: 19 abr. 2022.

WURMAN, Richard Saul. Ansiedade de Informação: Como Transformar Informação em Compreensão. São Paulo: Cultura Editora Associados, 1991.

Publicado

2023-02-07

Como Citar

CAMPOS, Arthur Ferreira; DIAS, Guilherme Ataíde; SOUSA, Marckson Roberto Ferreira de. Princípios FAIR, Encontrabilidade e Dados: por um diálogo teórico e uma aplicação prática. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 28, p. 1–21, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2023.e88060. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/88060. Acesso em: 16 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>