A Metodologia Design Thinking nas pesquisas científicas e a pertinência de sua apropriação pela Ciência da Informação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2024.e96222

Palavras-chave:

Metodologia científica, Ciência da Informação, Design thinking

Resumo

Objetivo: Apresentar um referencial teórico sobre a metodologia Design Thinking (DT) e sua aplicabilidade nas pesquisas científicas, em especial, a sua apropriação pela área da Ciência da Informação (CI).

Métodos: Abordagem qualitativa e descritiva com aplicação da técnica de pesquisa bibliográfica cujo objetivo é apresentar alguns dos principais conceitos, etapas, métodos, técnicas e instrumentos de coleta de dados da literatura da metodologia DT, correlacionando sua aplicação à área da CI.

Resultados: Apresenta fundamentação teórica trazida da literatura de DT, contribuindo para reduzir a carência de estudos teóricos sobre essa metodologia no campo da CI.

Conclusões: A metodologia DT tem sido cada vez mais adotada nos projetos mercadológicos e, também, nas pesquisas científicas das áreas de humanas e sociais aplicadas, sendo totalmente coerente a sua apropriação pela CI. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keila Mara Lara Rosado, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Gestão e Organização do Conhecimento pela UFMG (2019). Analista em Biblioteconomia no Ministério Público Federal, com atuação na Procuradoria da República no Estado do Rio Grande do Sul (2014 a 2017) e na Procuradoria da República de Minas Gerais (2017 a atual). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007) e graduação em Design Gráfico pela Universidade do Estado de Minas Gerais (2008). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: informação jurídica, administração pública, gestão da informação, organização da informação, gestão do conhecimento e controle de autoridade.

Célia da Consolação Dias, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Ciência da Informação pela Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Professora associada do Departamento de Organização e Tratamento da Informação da Escola de Ciência da Informação e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

APOCALYPSE, M.; JORENTE, M. J. V. O Método Design Thinking e a pesquisa em Ciência da Informação. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 27, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/87281. Acesso em: 4 jun. 2023.

BICALHO, L. M.; BORGES, M. E. N. Transdisciplinaridade na ciência da informação. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 5., 2003, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos [...] Belo Horizonte: UFMG, 2003. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/174456. Acesso em: 10 maio 2023.

BROWN, T. Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. Tradução de Cristina Yamagami. Rio de Janeiro: Alta Books, 2018. 298 p.

BROWN, T. Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias: as lições da Ideo para potencializar a inovação e conduzir sua empresa ao sucesso. Tradução de Cristina Yamagami e Carolina Gaio. Rio de Janeiro: Alta Books, 2020. 285 p. (e-book).

CAVALCANTI, C. C.; FILATRO, A. Design Thinking: na educação presencial, a distância e corporativa. São Paulo: Saraiva, 2016. (e-book).

IDEO GLOBAL LIBRARIES. Design Thinking para bibliotecas: um toolkit para design centrado no usuário. Tradução de Adriana Maria de Souza. FEBAB: São Paulo, 2017. Disponível em: http://repositorio.febab.org.br/items/show/1537. Acesso em: 7 fev. 2023.

INOVAÇÃO SEBRAE. Estratégia e gestão: conheça o mapa da empatia e saiba como usar. SEBRAE, 2018. Disponível em: https://inovacaosebraeminas.com.br/conheca-o-mapa-da-empatia/. Acesso em: 10 ago. 2022.

LEIFER, L.; LEWRICK, M.; LINK, P. A Jornada do Design Thinking. Rio de Janeiro: Alta Books, 2019. 352 p. (e-book).

LIEDTKA, J.; OGILVIE, T. A Magia do Design Thinking. Rio de Janeiro: Editora Alta Books, 2019. 226 p. (e-book).

MJV. MJV technology and innovation. [s.l.]: MJV, c2023. Disponível em: https://www.mjvinnovation.com/pt-br/#. Acesso em: 12 maio 2023.

PLATTNER, H. Design Thinking bootleg. Stanford: Institute of Design Stanford, [s.d.].

SARACEVIC, T. Ciência da Informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 1, n.1, p. 41-62, jan./jun. 1996. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/37415. Acesso em: 1 jun. 2023.

SILVA, W. S.; CASTRO FILHO, C. M. O Design thinking como método de pesquisa científica inserido no contexto da ciência da informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 19, p. 1-18, 2023. DOI: 10.58876/rbbd.2023.1911775. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1775/1458. Acesso em: 7 ago. 2023.

THORING, K.; MUELLER, R. M.; GIEGLER, S.; BADKE-SCHAUB, P. From Bauhaus to Design Thinking and beyond: a comparison of tow design educational schools. Proceedings of the Design Society: DESIGN Conference, Cambridge University Press, 1, p. 1815-1824, 2020.

UNDP – UNITED NATIONS DEVELOPMENT PROGRAMME. Design Thinking: a guide for prototyping and testing solutions for the sustainable development goals. New York: UNDP, 2017. Disponível em: https://www.undp.org/arab-states/publications/design-thinking. Acesso em: 10 ago. 2022.

VIANNA, M.; VIANNA, Y.; ADLER, I. K.; LUCENA, B.; RUSSO, B. Design Thinking: inovação em negócios. 2. ed. Rio de Janeiro: MJV, 2018. Disponível em: https://www.livrodesignthinking.com.br/. Acesso em: 10 nov. 2022.

Publicado

2024-03-02

Como Citar

ROSADO, Keila Mara Lara; DIAS, Célia da Consolação. A Metodologia Design Thinking nas pesquisas científicas e a pertinência de sua apropriação pela Ciência da Informação. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 29, p. 01–27, 2024. DOI: 10.5007/1518-2924.2024.e96222. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/96222. Acesso em: 28 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.