Os campos conceituais de Vergnaud como ferramenta para o planejamento didático

Autores

  • Gabriel Dias de Carvalho Júnior
  • Orlando Gomes de Aguiar Junior UFMG - Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2008v25n2p207

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar a teoria dos campos conceituais de Vergnaud (1990) como instrumento para o planejamento e para a análise das atividades de intervenção didática. A pesquisa foi realizada com estudantes da segunda série do Ensino Médio, durante o estudo da Física Térmica. Ele faz parte da dissertação de mestrado defendida por um dos autores (CARVALHO JR., 2005), na qual acompanhamos as trajetórias de aprendizagem de sete estudantes. Os resultados desse estudo foram analisados utilizando-se ferramentas provenientes da Teoria de Campos Conceituais. Neste trabalho, a ênfase será dada à análise e justificativa das categorias propostas por Vergnaud, tal como apropriadas por nós no desenho da pesquisa.

Biografia do Autor

Orlando Gomes de Aguiar Junior, UFMG - Minas Gerais

Graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (1984), mestrado em Tecnologia pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (1995), doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001) e pós-doutorado em educação em ciências na Universidade de Leeds, Inglaterra (2004).

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2008-08-25

Edição

Seção

Artigos