Estudo comparativo sobre as atividades experimentais em coleções de Física coincidentes recomendados nas edições 2012 e 2015 do PNLD

Wendel Fajardo Reis, Maria Inês Martins

Resumo


O Ensino Médio pressupõe uma aprendizagem abrangente e significativa dos conteúdos, em que o professor deve valer-se de recursos didáticos disponíveis e adequados à sua prática. Nessa perspectiva, a atividade experimental torna-se um importante instrumento de ensino a ser explorado no estudo da Física, que também pode ser vivenciado pelos alunos por meio do livro didático (LD). Nesta pesquisa, realiza-se uma análise comparativa das atividades experimentais nas coleções de Física coincidentes nas edições de 2012 e 2015 do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Para isso, aplica-se a classificação proposta por Barros (2009), fundamentada em competências e habilidades dos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM) (BRASIL, 1999) e nos temas estruturadores de suas orientações educacionais complementares (PCN+) (BRASIL, 2002). Os resultados mostram uma distribuição não uniforme dos experimentos nos temas da Física, em que ainda prevalecem os arranjos relacionados aos movimentos dos corpos. Para as categorias e dimensões de análise, verifica-se que os autores procuram evidenciar as competências e habilidades do PCNEM, entretanto os aspectos históricos sociais continuam pouco contemplados nas duas edições do Programa. Por fim, espera-se que as informações apresentadas nesse trabalho possam contribuir para a prática docente, com foco nas atividades experimentais dos livros didáticos de Física.


Palavras-chave


Ensino de Física; Livro Didático; Atividades Experimentais; Parâmetros Curriculares

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n2p462

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >