Apresentação | A relevância da perspectiva histórico-cultural vigotskiana para profissionais ocupados com educação escolar em linguagem

Autores

  • Adriana Kuerten Dellagnelo Universidade Federal de Santa Catarina / UFSC /PPGI
  • Rosângela Pedralli Universidade Federal de Santa Catarina / UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2016v13n4p1533

Palavras-chave:

Vigotski, Educação escolar, Linguagem

Resumo

A edição temática da Fórum Linguístico propõe-se a discutir o modo como a perspectiva histórico-cultural, no que respeita sobremodo ao pensamento vygotskiano, pode se mostrar relevante para profissionais ocupados com educação escolar em linguagem, quer seja como objeto de ensino, quer seja como objeto de pesquisa, em diferentes níveis de escolaridade. A relevância dessa discussão decorre do momento atual na história em que o enfoque epistêmico é posto em xeque, suscitando complexas problematizações acerca do papel da educação escolar. 

Biografia do Autor

Adriana Kuerten Dellagnelo, Universidade Federal de Santa Catarina / UFSC /PPGI

Atua nos programas de graduação em Letras e pós-graduação em Estudos Linguísticos e Literários (PPGI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Sua área de interesse é a formação de professores de línguas, predominantemente sob fundamentação sociocultural/histórico-cultural.

Rosângela Pedralli, Universidade Federal de Santa Catarina / UFSC

Atua em diversos cursos de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. É vinculada aos programas de pós-graduação em Linguística e mestrado professional em Letras, ambos pela mesma instituição. Interessa-se pela educação linguística na perspectiva histórico-cultural, com ênfase nos processos orientados para a formação humana.  

Downloads

Publicado

2016-01-02