O perfil de alunos do curso de administração: um estudo com base nas gerações x, y e z

Luisa Bunn Zomer, Aline Regina Santos, Kelly Cristina de Oliveira Costa

Resumo


A Teoria das Gerações, popularmente conhecida a partir do trabalho de Straus e Howe (1991), fundamenta-se na ideia de que os indivíduos apresentam comportamentos similares em função do período em que nasceram. Tais períodos são marcados por acontecimentos significativos na história e economia de um país, região ou mesmo do mundo. A literatura aponta as Gerações XYZ como os grupos atualmente em destaque, formado por nascidos entre meados da década de 60 até a atualidade. No campo da Administração, as publicações abordam, com frequência, as gerações no contexto do ambiente de trabalho, numa tentativa de compreender o comportamento dos colaboradores. O presente artigo, por sua vez, tem como propósito analisar o perfil dos alunos de Administração de uma instituição de ensino superior privada à luz das gerações XYZ. Para tanto, foi conduzida pesquisa survey com 152 dos 185 discentes regularmente matriculados. Entre os principais resultados encontrados destaca-se o nível baixo a moderado de influência das gerações em algumas situações específicas – o que sinaliza cuidado ao tratar do tema “Geração XYZ”. As maiores diferenças observadas são em relação à Geração X, comparativamente as demais, revelando um perfil mais comprometido e engajado, no tocante ao comportamento em sala.


Palavras-chave


Gerações XYZ; Perfil discente; Curso de administração

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2018v11n2p198

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.