Estilos gerenciais dos coordenadores de cursos de graduação de uma instituição de ensino superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2021.e73091

Palavras-chave:

Estilos gerenciais, Coordenadores de curso, Instituição de Ensino Superior

Resumo

O estudo objetivou identificar os estilos gerenciais dos coordenadores de curso de graduação de uma instituição de ensino superior comunitária sediada em Santa Catarina. Para tal, realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa. Os dados foram apurados por meio de levantamento (survey) baseado em questionário respondido por 20 coordenadores de cursos da universidade pesquisada, cujos dados foram analisados por meio de estatística descritiva. Os principais achados da pesquisa revelam coordenadores com formação adequada para o exercício de tal função, além de que grande parte dos respondentes possui experiência anterior na área de gestão. Quanto às principais funções evidenciadas pelos respondentes, estas referem-se à organização (75%), ao planejamento (65%), à liderança (55%) e à de mediador (50%). Em relação a organização das atividades na instituição, identificou-se que a maioria (75%) dos respondentes dedica-se mais expressiva na realização das atividades rotineiras, em relação ao processo de tomada de decisão sobre o gerenciamento do curso, doze destacaram que as decisões gerenciais são tomadas na maioria das vezes juntamente com os gestores hierarquicamente superiores. Os resultados indicam, ainda, coordenadores mais voltados à gestão dos próprios cursos, mas que não deixam de pensar na instituição como um todo. Também foi possível constatar que os coordenadores mostraram-se preocupados com a qualidade dos cursos, mantendo bom nível de comunicação com seus pares, bem como com os demais cursos de graduação da instituição.

Biografia do Autor

Evanilde Gollo Cordazzo, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECÓ

Graduada em Ciências Contábeis e Administração/UNOCHAPECÓ
Mestre em Ciências Contábeis e Administração/UNOCHAPECÓ

Técnica Administrativa no setor de Extenção - UNOCHAPECÓ

Rodney Wernke, Universidade do Sul de Santa Catarina-UNISUL

Graduado em Ciências Contábeis e Administração/UNISUL

Mestre em Engenharia de Produção/UFSC

Doutorado em Engenharia de Produção/UFSCiências Sociais Aplicadas da Unisul - Graduação em Administração

Antonio Zanin, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul / Ciências Contábeis

Graduado em Ciências Contábeis/UNOESC Metre em Ciências Contábeis e Finanças/PUC-SP Doutorado em Engenharia de Produção/UFRGS Área de Ciências Sociais e Aplicadas Universidade Federal de Mato Grosso do Sul  / Ciências Contábeis

Referências

BAYARYSTANOVA, E; ARENOVA, A; NURMUHAMETOVA, R. Education System Management and Professional Competence of Managers. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 140, p. 427-431, 2014.

BARBOSA, M. A. C; MENDONÇA, J. R. C. O professor-gestor e as políticas institucionais para formação de professores de ensino superior para a gestão universitária. Revista Economia & Gestão, v. 16, n. 42, p. 61-88, 2016.

BONFIGLIO, S. U; BEBER, B; DA SILVA, E. Gestão acadêmica: uma investigação com instituições de ensino superior do Vale do Itajaí–Santa Catarina. Revista da UNIFEBE, v. 1, n. 13, p. 1-17, 2014.

BRITO, M. R. F. O SINAES e o ENADE: da concepção à implantação. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), v. 13, n.3, p. 841-850, 2008.

CUNHA, L. A. Reforma universitária em crise: gestão, estrutura e território. In: TRINDADE, H. (Org.). Universidade em ruínas: na república dos professores. Porto Alegre: CIPEDES, 1999. p. 125-148.

EBERLE, V; COLAUTO, R. D. Pressões institucionais e adoção do Balanced Scorecard: O caso de uma organização do setor elétrico do sul do Brasil. Contabilidade Vista & Revista, v. 25, n. 3, p. 95-120, 2015.

FLECK, C. F; PEREIRA, B. A. D. Professores e Gestores: análise do perfil das Competências Gerenciais dos coordenadores de pós-graduação das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) do RS. Organizações & Sociedade, v. 18, n. 57, 2011.

FRANCO, E. R. P. de S. Funções do coordenador de curso: como “construir” o coordenador ideal. Brasília: Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, Caderno 8, 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MACHADO, M. R; SILVA, J. E. O; PACHECO, A. S. V; MELO, P. A. de. Perfil de tutores e coordenadores de cursos EAD da Universidade Federal de Santa Catarina. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 37, n. 1, p. 39-52, 2016.

MARCON, S. R. A. Atribuições dos cargos de coordenação e subcoordenação de cursos de graduação. In: XI Congresso Internacional de Gestão Universitária na América do Sul, 7, 2011, Florianópolis. Anais... Florianópolis, 2011.

MIRANDA, A. R. A. Um estudo sobre a dinâmica identitária de professoras gerentes de uma universidade pública. 2010. 162 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal de Lavras. Lavras, Minas Gerais, 2010.

OLIVEIRA, J. de.; ESCRIVÃO FILHO, E.; NAGANO, M. S.; FERRAUDO, A. S. . Estilos gerenciais dos dirigentes de pequenas empresas: estudo baseado no ciclo de vida organizacional e nos conceitos de funções e papéis do administrador. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 17, n. 57, p. 1279-1299, 2015.

RAUPP, F. M.; BEUREN, I.M. Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. IN: BEUREN, I. M. (Org.). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2003. p. 76-97.

ROESCH, S. M. A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. 3. ed. São Paulo: São Paulo, Atlas, 2006.

SANTOS, L. dos; BRONNEMANN, M. R. Desafios da gestão em instituições de ensino superior: um estudo de caso a partir da percepção de diretores de centro de uma IES pública do sul do Brasil. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, v. 6, n. 1, p. 01-21, 2013.

SILVA, A. B.; COSTA, F. J. Itinerários para o desenvolvimento da competência docente na pós-graduação Stricto Sensu em Administração. Revista Economia & Gestão, v. 14, n. 34, p. 35-57, 2014.

SILVEIRA-MARTINS, E.; CASTRO JÚNIOR, D. F. L. de; MIURA, M. N.; DELUCA, M. A. M.; PEREIRA, M. F. Orientação estratégica como fonte de desempenho acadêmico: a análise de uma IFES. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 10, n. 1, p. 1-16, 2017.

SOARES, L. H. Gestão de Instituições de Ensino: o ensino superior privado e os novos parâmetros de perenidade. Universitas: Gestão e TI, v. 3, n. 2, p. 79-87, 2013.

ZANIN, A. et al. Definição de painel de indicadores de desempenho para instituições comunitárias de ensino superior. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 8, n. 2, p. 1-27, 2015.

Downloads

Publicado

2021-01-04

Edição

Seção

Artigos