Gramsci e a produção do conhecimento no Serviço Social brasileiro

Ivete Simionatto, Fabiana Luiza Negri

Resumo


O artigo analisa a produção do conhecimento do Serviço Social brasileiro entre os anos 2000 e 2015, pautado no pensamento de Gramsci. Trata-se de uma pesquisa teórica e bibliográfica derivada de projeto de pesquisa e realizada através das seguintes fontes:Revistas Serviço Social e Sociedade, Katálysis e Temporalis; Anais dos Encontros Nacionais de Pesquisadores em Serviço Social (ENPESS). Os principais resultados denotam o aprofundamento de estudos relativos à obra do pensador italiano, especialmente sobre temas como Estado, sociedade civil e hegemonia, contribuindo na formação de uma cultura profissional crítica, na problematização dos fenômenos sociais contemporâneos e nas mediações entre projeto profissional e projetos societários.


Palavras-chave


Gramsci; Serviço Social; Produção do Conhecimento

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1414-49802017.00100002

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Common Adota a licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.