Mercosul e Reforma do Estado: o retrocesso da Seguridade Social

Ivete Simionatto

Resumo


O presente estudo trata dos fundamentos teóricos que estão na base dos projetos de reforma do Estado nos países do Mercosul: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Busca-se identificar as concepções de Estado, sociedade civil e mercado e os novos papéis atribuídos a esses atores na década de 1990. Trata ainda, da concepção de políticas públicas, do papel dos organismos internacionais e das alterações ocorridas no âmbito da Seguridade Social.

Palavras-chave


Estado; Sociedade civil; Políticas públicas; Mercosul; State; Civil society; Public policies; Mercosul

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/%25x

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.