Jiu-Jitsu brasileiro e Vale-Tudo: o uso de novas tecnologias no ensino de Lutas e Artes Marciais

Fabiano Filier Cazetto

Resumo


Este estudo é um relato de experiência sobre o ensino de Jiu-Jitsu Brasileiro e Vale-Tudo. Em 2010 foi usada tecnologia digital em academia de artes marciais. O grupo de estudantes era de adolescentes com idades entre 16 e 18 anos. Os instrumentos usados foram listados para reflexão apenas alguns meses depois das aulas. Correio Eletrônico, Vídeo Digital, Youtube®, Orkut® e Skype® parecem ser viáveis e úteis no ensino de artes marciais. Novas tecnologias devem ser usadas para planejar e aplicar conteúdos de Educação Física.


Palavras-chave


Jiu-Jitsu; Lutas e Artes Marciais; Tecnologias

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA