Lazer e as contradições sócio-históricas do mundo do trabalho

Jeffirson Ramos da Silva, Paulo Vinícius Santos Suli Luduvice

Resumo


 

Diante da necessidade da construção do conhecimento e fundamentação no que diz respeito ao tema lazer, visto que o mesmo “está” presente na vida dos trabalhadores/ trabalhadoras, é que problematizamos: como o atual modo de produção e reprodução da vida humana impossibilita a contribuição do lazer no processo de humanização?Para isso levantamos como objetivo do trabalho entender como o lazer na sociedade capitalista tornou-se uma mercadoria alienante e desumanizadora. A partir da uma rápida análise (pesquisa) bibliográfica tendo a dialética como método para apreender compreender, explicar e propor, a partir da realidade social, mudanças verdadeiramente significativas para os seres humanos.


Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2012v24n38p270



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA