Lazer e as contradições sócio-históricas do mundo do trabalho

Autores

  • Jeffirson Ramos da Silva UNEB
  • Paulo Vinícius Santos Suli Luduvice UNEB

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2012v24n38p270

Palavras-chave:

Educação Física, Esporte, Lazer

Resumo

 

Diante da necessidade da construção do conhecimento e fundamentação no que diz respeito ao tema lazer, visto que o mesmo “está” presente na vida dos trabalhadores/ trabalhadoras, é que problematizamos: como o atual modo de produção e reprodução da vida humana impossibilita a contribuição do lazer no processo de humanização?Para isso levantamos como objetivo do trabalho entender como o lazer na sociedade capitalista tornou-se uma mercadoria alienante e desumanizadora. A partir da uma rápida análise (pesquisa) bibliográfica tendo a dialética como método para apreender compreender, explicar e propor, a partir da realidade social, mudanças verdadeiramente significativas para os seres humanos.

Biografia do Autor

Jeffirson Ramos da Silva, UNEB

Licenciado em Educação Física pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB, Pós graduado em Educação Física Escolar, atualmente é professor efetivo do município de Palmas-TO.Contato: jeffirson@hotmail.com.

Paulo Vinícius Santos Suli Luduvice, UNEB

Licenciado em Educação Física pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB, Pós graduado em Educação Física Escolar, atualmente é professor efetivo do município de Palmas-TO.Contato: vineedfisica@hotmail.com.

Downloads

Publicado

2012-09-13