A participação de meninos e meninas nos projetos sociais da fundação municipal de esportes de Florianópolis

Julia Mara Pegoraro Silvestrin, Maria do Carmo Oliveira Saraiva

Resumo


 

Compreendendo que o corpo em movimento estabelece relações de gênero que refletem na percepção que cada indivíduo tem de si ao se movimentar e entendendo esporte e lazer (direitos estabelecidos pelo Estado) como importantes expressões da cultura de movimento, investigamos, através de entrevistas semiestruturadas e observações, a participação de meninos e meninas como beneficiários e beneficiárias em projetos sociais de políticas públicas de esporte e lazer da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis/SC. Concluindo que o esporte na Fundação não se afasta do esporte de rendimento, percebemos elementos mantenedores da relação social de poder do homem sobre a mulher.


Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2012v24n38p75



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA