O parkour como possibilidade para a educação física escolar

Autores

  • Carla da Silva Reis Alves Universidade Castelo Branco
  • Luciano Nascimento Corsino Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2013v25n41p247

Palavras-chave:

Esportes radicais, Parkour, Educação Física Escolar

Resumo

 

O presente estudo teve como objetivo investigar o esporte radical de aventura Parkour, propondo reflexões sobre a inclusão dessa modalidade na Educação Física escolar. Utilizaram-se como pano de fundo dessa discussão as Orientações Curriculares do Município do Rio de Janeiro e os Parâmetros Curriculares Nacionais. Como metodologia foi utilizada a pesquisa bibliográfica, considerando-se a técnica de análise documental. Conclui-se que o esporte Parkour pode ser um importante tema para a Educação Física escolar, tendo em vista as diversas possibilidades para a contribuição com a formação integral do aluno, enquanto sujeito participativo e crítico na sociedade.

Biografia do Autor

Carla da Silva Reis Alves, Universidade Castelo Branco

Professora de Educação Física da Prefeitura do Rio de Janeiro- SME/RJ. Mestre em Ciência da Motricidade Humana- UCB/RJ. Especialista em Tecnologia Educacional na Área de Saúde- UFRJ/RJ. Especialista em Treinamento Desportivo- UGF/RJ. Especializanda em Educação Física Escolar- WPÓS

Luciano Nascimento Corsino, Universidade Federal de São Paulo

Professor de Educação Física da Prefeitura de São Paulo – SME/SP. Professor do curso de especialização em Educação Física escolar - WPÓS. Mestre em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência - UNIFESP. Especializando em Educação para as Relações Étnico-Raciais - UFSCar. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Comunicação e Feminismo - UFJF.

Downloads

Publicado

2013-11-26