Interpretando a internacionalização dos periódicos científicos brasileiros

Lúcia da Silveira, Lara Benedet, Julio Santillán-Aldana

Resumo


Explora o processo de internacionalização acadêmica dos periódicos científicos brasileiros. Mediante revisão bibliográfica, é analisado o cenário do desenvolvimento dessas publicações nas últimas décadas na América Latina, assim como as recentes ações das agências nacionais de fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) para sua internacionalização. Conclui-se que, não existindo um plano para a internacionalização dos periódicos científicos brasileiros, é necessário o diálogo entre os diferentes atores para alcançar uma conjuntura inclusiva, em que prevaleça o princípio da informação científica como bem público e o livre acesso à produção científica a qualquer cidadão.


Palavras-chave


Internacionalização; Brasil; Periódicos científicos; Editoração; Avaliação acadêmica; Acesso aberto

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALBORNOZ, Mario (Coord). Manual de indicadores de internacionalización de la ciencia y la tecnología: Manual de Santiago 2007. Buenos Aires: Red de Indicadores de Ciencia y Tecnología Ibero/Interamericanos - RICyT, 2009. 130 p. Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2018.

ALPERIN, Juan Pablo; ROZEMBLUM, Cecilia. La reinterpretación de visibilidad y calidad en las nuevas políticas de evaluación de revistas científicas. Revista Interamericana de Bibliotecología, [s.l.], v. 40, n. 3, p. 231-241, sep. 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2018.

ANGLADA, Luís; ABADAL, Ernest. ¿Qué es la ciencia abierta? Anuario Thinkepi, [s.l.], v. 12, p.292-298, 2018. Ediciones Profesionales de la Informacion SL. Disponível em: . Acesso em: 04 jun. 2018.

AGUDELO TRUJILLO, Jorge H. El extraño viraje del PUBLINDEX. Ver. Colom. Cienc. Pecua, Medellín, v. 29, n. 4, p. 243-244, dez. 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2018.

ARGENTINA. Directorio del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas. Resolución 2249 del 25 de Junio de 2014. Bases para la Categorización de Publicaciones Periódicas en Ciencias Sociales y Humanidades. Disponível em: < http://www.conicet.gov.ar/bases-para-la-categorizacion-de-publicaciones-periodicas-en-ciencias-sociales-y-humanidades/ >. Acesso em: 30 jun. 2018.

BARATA, R. de C. B. Dez coisas que você deveria saber sobre o Qualis. Revista Brasileira da Pós-Graduação, Brasília, v. 13, n. 30, p. 13-40, jan./abr. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2016.v13.947

BIANCO, Mariela; GRAS, Natalia; SUTZ, Judith. Academic Evaluation: Universal Instrument? Tool for Development? Minerva, v. 54, n. 4, p. 399-421, 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

BORCHARDT, Rachel; HARTINGS, Matthew R. The academic papers researchers regard as significant are not those that are highly cited. 2018. Disponível em: < http://blogs.lse.ac.uk/impactofsocialsciences/2018/05/14/the-academic-papers-researchers-regard-as-significant-are-not-those-that-are-highly-cited/ >. Acesso em: 30 maio 2018.

BORINI, F. M.; FERREIRA, J. Internacionalização de Periódicos Científicos Brasileiros: Estudo de Caso à luz da Teoria de Redes e da Teoria Institucional. Revista Ibero-Americana de Estratégia, v. 14, n. 4, p. 24-40, 2015. Disponível em: < http://www.revistaiberoamericana.org/ojs/index.php/ibero/article/view/2252 >Acesso em: 30 maio 2018.

BRASIL. Lei nº 9.986, de 1 de julho de 2013. Dispõe sobre o conflito de interesses no exercício de cargo ou emprego do Poder Executivo federal e impedimentos posteriores ao exercício do cargo ou emprego; e revoga dispositivos da Lei no 9.986, de 18 de julho de 2000, e das Medidas Provisórias nos 2.216-37, de 31 de agosto de 2001, e 2.225-45, de 4 de setembro de 2001. Brasília, Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2018.

CANTO, Fábio Lorensi do. Análise de citação de teses: uma abordagem por área do conhecimento. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Educação, Programa Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2018. Disponível em: < https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/186803>. Acesso em: 20 maio 2018.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. A internacionalização na Universidade Brasileira: resultados do questionário aplicado pela CAPES. Brasília, 2017. Disponível em: Acesso em: 05 jun. 2018.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Edital para apoio financeiro à editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros: Edital N° 13/2016. Ofício nº 001-98/DAD. Brasília, 2016. Disponível em: < https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/01052015-Edital-13-Editoracao-2016.pdf >. Acesso em: 30 maio 2018.

CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO. Chamada MCTIC/CNPq Nº 25/2016. Brasília: [s n.], 2016. Disponível em: < http://cnpq.br/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&idDivulgacao=6903 >. Acesso em: 05 jun. 2018.

CETTO KRAMIS, Ana María; ALONSO GAMBOA, José Octavio (Comp.). Calidad e Impacto de la revista Iberoamericana. México: UNAM, 2011.

ESTADOS UNIDOS. National Science Board. National Center for Science and Engineering Statistics – NCSES. Science and Engineering Indicators 2016 (NSB-2016-1). Alexandria (Virginia): NSB. 2016. Disponível em: < https://www.nsf.gov/statistics/2016/nsb20161 >. Acesso em: 21 jan. 2018.

GUNN, Andrew; MINTROM, Michael. Five things to consider when designing a policy to measure research impact. 2017. Disponível em: . Acesso em: 04 jun. 2018.

GUNN, André; MINTROM, Michael. Medindo o impacto da pesquisa na Austrália. Revista das Universidades Australianas, v. 60, n. 1, p. 9, 2018. Disponível em:. Acesso em 5 de jun. 2018.

HICKS, D. et al. Bibliometrics: The Leiden Manifesto for research metrics. Nature, v. 520, n. 7548, p. 429-431, 2015. Disponível em:. Acesso em: 20 jan. 2018.

KNIGHT, J. Internationalization Remodeled: Definitions, Rationales, and Approaches. Journal for Studies in International Education, v. 8, n. 1, p. 5–31, 2004. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2018.

LARIVIÈRE, V.; HAUSTEIN, S.; MONGEON, P. The Oligopoly of academic publishers in the digital era. PLoS ONE, v. 10, n. 6, p. 1-15. e0127502. DOI: Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2018.

MIRANDA, José Alberto Antunes de; STALLIVIERI, Luciane. Para uma política pública de internacionalização para o ensino superior no Brasil. Avaliação (Campinas), Sorocaba , v. 22, n. 3, p. 589-613, dez. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s1414-40772017000300002

PACKER, Abel L. et. al. (Org.). SciELO - 15 Anos de Acesso Aberto: um estudo analítico sobre Acesso Aberto e comunicação científica. Paris: UNESCO, 2014. Disponível em: < http://www.scielo.org/local/File/livro.pdf >. Acesso em: 30 maio 2018.

PEREIRA, D. B.; LOBAO, I. S. L.; LUCAS, E. R. O. Internacionalização de periódicos científicos brasileiros: exigências requeridas. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 13, 2017. Disponível em: < http://www.brapci.inf.br/v/a/28406 >. Acesso em: 06 jun. 2018.

QUISPE-GERÓNIMO, Carlos. El manifiesto de Leiden: aclarando el panorama sobre la evaluación de la investigación. Lima, 2015. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2018.

SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY – SCIELO. São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.scielo.org >. Acesso em: 21 jan. 2018.

SILVA, Wanessa de Assis; DE MARI, Cezar Luiz. Internacionalização e ensino superior: história e tendências atuais. Revista de Políticas Públicas e Segurança Social, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 36-53, set. 2017. ISSN 2594-3855. Disponível em: < https://www.nepppss.com/revista/index.php/revistappss/article/view/2017010102 >. Acesso em: 30 jun. 2018.

SILVEIRA, Lúcia da. Portais de periódicos das universidades federais brasileiras: documentos de gestão. 2016. 195 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

UNIÃO EUROPEIA. Third European Report on Science & Technology Indicators 2003: Towards a knowledge-based economy. Luxembourg: Office for Official Publications of the European Communities, 2003. Disponível em: < http://cordis.europa.eu/pub/indicators/docs/3rd_report.pdf >. Acesso em: 25 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Edital de apoio à editoração e publicação de periódicos científicos: 2016. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Disponível em: < http://www.prppg.ufpr.br/sites/default/files/documentos/mestrado_doutorado/periodicos/Edital_2016_Apoio_Periodicos.pdf >. Acesso em: 30 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Edital de apoio à editoração e publicação de periódicos científicos: 2017. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Disponível em: < http://www.prppg.ufpr.br/site/wp-content/uploads/2017/07/edital_2017_apoio-aos-peridicos.pdf >. Acesso em: 30 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Programa de Apoio à Edição de Periódicos Científicos da UFRGS: Edital 2016. Pró-Reitoria de Pesquisa. Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/periodicos/docs-e-formularios/edital-2016 > Acesso em: 30 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Programa de Apoio à Edição de Periódicos Científicos da UFRGS: Edital 2017. Pró-Reitoria de Pesquisa. Rio Grande do Sul, 2017. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/periodicos/docs-e-formularios/paep/edital-2017 > Acesso em: 30 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Edital nº 027/PRPGP/UFSM, DE 07 DE JUNHO DE 2016: Programa Especial de Incentivo às Revistas Científicas “Pró-Revistas”. Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa. Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: < http://prpgp.ufsm.br/images/editais-internos/2016/EDITAL_N%C2%BA_027_PRPGP_UFSM_DE_07_DE_JUNHO_DE_2016.pdf > Acesso em: 30 maio 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Edital nº 019/PRPGP/UFSM, DE 19 DE MAIO DE 2017: Programa Especial de Incentivo às Revistas Científicas “Pró-Revistas”. Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa. Rio Grande do Sul, 2017. Disponível em: < http://prpgp.ufsm.br/images/editais-internos/2017/pr%C3%B3_revistas/EDITAL_019_PRPGP_UFSM_PRO-_REVISTAS_2017.pdf > Acesso em: 30 maio 2018.

URIBE-TIRADO, Alejandro; OCHOA, Jaider. Perspectivas de la ciencia abierta: un estado de la cuestión para una política nacional en Colombia. BiD: textos universitaris de biblioteconomia i documentació, n. 40, jun. 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2018.

URIBE-TIRADO, Alejandro El Acceso Abierto en Colombia. Un camino por recorrer…. Cuadernos Fronterizos, n. 38, 2016. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2018.

VASEN, Federico; LUJANO VILCHIS, Ivonne. Sistemas nacionales de clasificación de revistas científicas en América Latina: tendencias recientes e implicaciones para la evaluación académica en ciencias sociales. Revista Mexicana de Ciencias Políticas y Sociales, [S.l.], v. 62, n. 231, ago. 2017. Disponível em: < http://www.revistas.unam.mx/index.php/rmcpys/article/view/58652 >. Acesso em: 25 jan. 2018.

VESSURI, Hebe; GUÉDON, Jean-Claude; CETTO, Ana María. Excellence or Quality? Impact of the Current Competition Regime on Science and Scientific Publishing in Latin America and its Implications for Development. Current Sociology, 2014, v. 62, n. 5, p. 647-665. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2018v30n54p90



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA