Políticas públicas participativas de esporte e lazer: da congestão à co-gestão

Patrícia Zingoni

Resumo


Este estudo analisa as relações políticas que se estabelecem entre a sociedade civil e o Estado no mundo e no Brasil, desde os anos 60, com os movimentos sociais, até hoje, com o surgimento do Terceiro Setor e sua implicações no campo das Políticas Públicas de Esporte e Lazer. Destaca-se que o grande desafio dessa articulação é a co-gestão entre sociedade e Estado para concretizar políticas conscientizadoras, autônomas e solidárias que coloquem o cidadão no centro e na razão das suas atividades.

Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA