Políticas públicas de esporte e lazer: caminhos participativos

Leila Mirtes Santos de Magalhães Pinto

Resumo


Os temas sobre qualidade de vida, qualidade de relações no trabalho e de políticas públicas de Esporte e Lazer são a tônica deste estudo, construído com base em experiência político-técnico-científica da Secretaria Municipal de Esportes da Prefeitura de Belo Horizonte. Em virtude disso, no presente texto, são recuperados sentidos e valore de Esporte e Lazer em nosso meio, tendo em vista a superação de limites e de expectativas voltadas à construção futura de uma sociedade eminentemente democrática através de políticas públicas. Por isso, caminhos foram construídos, analisados e fundamentados, relacionando as dimensões do SER, do TER, da CONSCIÊNCIA e da CIDADANIA, em proposta cogestada com a comunidade do Bairro Santa Maria em Belo Horizonte.

Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA