O dispositivo da sustentabilidade: pedagogias no contemporâneo

Autores

  • Shaula Maíra Vicentini de Sampaio Universidade Federal de Alagoas
  • Leandro Belinaso Guimarães Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2012v30n2p395

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Educação Ambiental, Educação pela Mídia

Resumo

O presente trabalho deriva-se de duas pesquisas, cujo foco central é a relação entrea educação e a sustentabilidade. Discutem-se no texto as pedagogias postas emcirculação na cultura a partir do dispositivo da sustentabilidade, através dos seusinúmeros artefatos (textos jornalísticos, capas de revistas, entre outros). Inicialmente,explicita-se o entendimento do conceito de dispositivo: noção com a qual se operamas análises das pesquisas. Depois, adentra-se nas pedagogias instituídas pelas linhas decomposição do dispositivo da sustentabilidade através de duas imagens midiáticas sobrea questão ambiental. A partir delas, argumenta-se um dos efeitos pedagógicos dodispositivo: sua penetrabilidade, pelas teias do mercado, nos modos como se enxergae se narra a vida. Os referenciais teóricos utilizados advêm dos Estudos Culturais, emsuas vertentes pós-estruturalistas. Esse amplo e controverso campo de estudos e depráticas permite colocar sob rasura as narrativas sobre a sustentabilidade, buscandovê-las em seus efeitos.

Biografia do Autor

Shaula Maíra Vicentini de Sampaio, Universidade Federal de Alagoas

Doutora em Educação; Professora do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Leandro Belinaso Guimarães, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Educação; Professor do Centro de Ciências da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Downloads

Publicado

2012-10-03

Edição

Seção

Artigos de Dossiês Temáticos