Ascensão e distanciamento na trajetória social, escolar e profissional de um jovem das camadas populares

Autores

  • Luiz Fernando de Oliveira UFMG; UNILAVRAS
  • Écio Antônio Portes Universidade Federal de João Del-Rei (UFSJ)

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2014v32n3p1145

Palavras-chave:

Sociologia da Educação, Escolarização, Ascensão Social

Resumo

O presente texto traz a análise da trajetória escolar, prossifional e social de um ator social oriundo das camadas populares que ingressou em um curso superior altamente seletivo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o concluiu, a saber, o curso de Engenharia Elétrica, cursou o Mestrado na mesma área e trabalha como engenheiro em uma companhia energética no estado de Minas Gerais. As reflexões levantadas neste trabalho dizem respeito, principalmente, às mudanças econômicas, culturais e sociais que foram ocorrendo na vida do referido ator no período que vai do ano de 1996, ano de seu ingresso na Universidade, até o ano de 2012, tendo como referência o papel da escola e da Educação, em sentido amplo, nesta trajetória de “sucesso”. Como técnica de coleta de dados, foram realizadas entrevistas em profundidade em dois períodos diferentes, de modo a abarcar a escolarização e a vida profissional do ator pesquisado. Os resultados das análises apontam para duas hipóteses centrais: 1) a formação escolar e o ingresso no mundo do trabalho em uma pro! ssão socialmente prestigiada não foram capazes de garantir, até aqui, a incorporação da cultura das elites pelo ator investigado, embora o mesmo tenha incorporado rapidamente a cultura profissional exigida pelo seu cargo, o que se mostrou altamente funcional; e 2) a ascensão social, econômica e cultural do ator parece ter produzido um distanciamento do mesmo em relação às suas origens, distanciamento seguido de certa carga de sofrimento.

Biografia do Autor

Luiz Fernando de Oliveira, UFMG; UNILAVRAS

Mestre em Processos Socioeducativos e Práticas Escolares pela Universidade Federal de João Del-Rei (UFSJ). Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do curso de Psicologia do CentroUniversitário de Lavras (UNILAVRAS)

Écio Antônio Portes, Universidade Federal de João Del-Rei (UFSJ)

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor do Departamento de Ciências da Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de João Del-Rei (UFSJ).

Downloads

Publicado

2014-06-01

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua