Colegiado de curso: papéis e funções reais

M. E. R. Gonçalves

Resumo


Esta pesquisa visa estudar o íuncionamento dos colegiados de curso de graduação da Universidade Federal de Santa Catarina no contexto da universidade brasileira. A Questão básica da pesquisa é a responsabilidade destes órgãos colegiados pela coordenação didática dos cursos. Uma revisão de literatura onde se analisam diferentes teorias da educação, a evolução das teorias da burocracia e a reforma universitária de (28/11/68) fundamenta teoricamente a pesquisa feita com colegiados das diferentes áreas do conhecimento. As conclusões apontam para o envolvimento quase total destes órgãos com atividades meio esquecendo-se das suas atividades fim. A proposição da extincão dos colegiados de curso, tal qual vêm funcionando apresenta-se nesta pesquisa acompanhada de uma proposta alternativa para que a universidade brasileira não continue relegando a planos secundários o que ali deve ser tundamental ou seja a questão da qualidade do ensino que oferece.


Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



Direitos autorais 1986 M. E. R. Gonçalves

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.